Cassilândia, Quarta-feira, 22 de Março de 2017

Últimas Notícias

12/08/2005 06:50

CPMI da Compra de Votos vai rastrear depósitos

Laycer Tomaz - Agência Câmara

Marcos Valério nega que tenha depositado o pagamento de Duda Mendonça em conta bancária no exterior.
A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Compra de Votos aprovou, nesta quinta-feira, a contratação de uma empresa de consultoria para rastrear depósitos internacionais relacionados à campanha do PT em 2002.
A sugestão do deputado Antonio Carlos Mendes Thame (PSDB-SP) foi aceita depois que o publicitário Duda Mendonça disse, na CPMI dos Correios, que o empresário Marcos Valério Fernandes de Souza teria sugerido a ele a abertura de conta bancária no exterior para "facilitar" o recebimento de aproximadamente R$ 10 milhões. Esse valor, explicou Duda Mendonça, foi depositado pelo seu trabalho na campanha do PT em 2002. O publicitário disse ainda que o pagamento foi feito em conta aberta no paraíso fiscal das Bahamas, de forma fracionada, por meio de recursos de vários bancos internacionais.

Valério nega versão
Já o empresário Marcos Valério, acusado de ser operador do suposto esquema conhecido como “mensalão”, disse nesta quinta-feira na CPI Mista da Compra de Votos que pagou R$ 15,5 milhões a Duda Mendonça a pedido do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares. O empresário garantiu aos parlamentares que o dinheiro foi repassado em 22 cheques, e não por meio de depósitos em conta no exterior.
Marcos Valério compareceu à CPMI da Compra de Votos apenas para entregar documentos sobre sua movimentação financeira, mas, diante das declarações de Duda Mendonça na outra CPMI, decidiu ficar para dar a sua versão dos fatos.
Valério também negou que tenha orientado o publicitário a abrir uma conta em um paraíso fiscal nas Bahamas. "A partir do ponto que ele fala que eu o obriguei a abrir uma conta, isso não é verdade”, disse.
O empresário assegurou ainda que quem mandou o dinheiro para o exterior foi um consultor financeiro indicado por Zilmar Fernandes, sócia do publicitário Duda Mendonça.

Acareação
O depoimento de Marcos Valério, porém, não convenceu todos os integrantes da CPI da Compra de Votos. O senador Sibá Machado (PT-AC) apresentou à comissão um pedido formal de acareação entre o empresário Marcos Valério de Souza e o publicitário Duda Mendonça, pois acredita que os dois mentem em seus depoimentos.
O deputado Raul Jungmann (PPS-PE) também aposta em uma acareação. "Marcos Valério está manipulando a comissão", disse Jungmann. "Ele está omitindo fatos e muda a versão a cada depoimento. A minha conclusão é que Valério cumpre uma estratégia de revelar crimes menores para ocultar crimes maiores."

Marcos Valério, que depõe nesta sexta-feira na Polícia Federal, volta na segunda-feira (15) à CPMI da Compra de Votos para entregar os documentos relativos às empresas DNA e Grafite.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 22 de Março de 2017
Terça, 21 de Março de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)