Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

11/05/2004 15:19

Consumo de gás natural tem aumento de 448% em MS

Dourados News

Demonstrativos apresentados pelo diretor da MSGÁS, Maurício Arruda, em evento nesta manhã, na sede da empresa, mostram que o consumo de gás natural teve uma evolução fantástica nos últimos 16 meses em Mato Grosso do Sul, saltando de 16.657.670 metros cúbicos mensais para 74.714.792 metros cúbicos/mês. Esse volume já representa mais de 13% de todo o gás transportado pelo gasoduto Brasil-Bolívia e a perspectiva para o setor é promissora, aponta Arruda, tendo em vista os investimentos que serão feitos na construção de novos ramais.

As maiores consumidoras continuam sendo as usinas termelétricas William Arjona, em Campo Grande e a termo de Três Lagoas, retendo mais de 99% de todo o gás vendido ao Estado. Mas outro setor que desponta como potencial consumidor é o de gás veicular, com evolução de 880% no período. Em janeiro de 2003 foram vendidos 40.839 metros cúbicos de gás para abastecer veículos em Campo Grande, e em abril desse ano as vendas saltaram para 360.708 metros cúbicos.

Essa participação deve aumentar com a possibilidade do uso do gás natural pela frota do transporte coletivo da capital e de massificação do consumo como combustível veicular - que será estimulado por campanha publicitária a ser lançada em breve. Três postos de combustíveis já estão fornecendo gás natural em Campo Grande e um em Três Lagoas. Outros grandes clientes da MSGÁS nessas duas cidades são: Hospital Regional Rosa Pedrossian, em Campo Grande, indústrias Mabel, Córtex e Nelitex em Três Lagoas. Até o fim deste ano Corumbá também passará a ser servido por um ramal do gasoduto.


RMT on line

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)