Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

14/06/2004 15:18

Conselho e bancada querem discutir FCO com ministro

Sandra Luz / Campo Grande News

Representantes do Conselho Deliberativo do FCO (Fundo Constitucional do Centro-Oeste) e da bancada federal de Mato Grosso do Sul definiram esta manhã que vão solicitar reunião com o ministro da Integração, Ciro Gomes, para discutir alternativas que simplifiquem o acesso de pequenos empreendedores aos recursos da linha.
Desde 2003 ficou definido que 51% dos recursos do FCO seriam destinados para essa faixa, mas o alto nível de exigências tem impedido o acesso aos recursos. Relatório do Banco do Banco do Brasil aponta que dos R$ 36.960.028 disponibilizados pelo FCO entre janeiro e junho deste ano para financiamento de micro e pequenos empreendimentos urbanos, apenas R$ 1.412.566 o equivalente a 3,82% foram utilizados. Por este motivo, os recursos podem ser devolvidos.
Na tentativa de evitar o retorno dos recursos, o Conselho Deliberativo do FCO vai propor mudanças para Ciro Gomes, como aproximação do agente financeiro, no caso o Banco do Brasil, dos clientes; ampliação da linha de crédito; maior divulgação e a criação de fundo de aval para reduzir as exigências de garantias.
Entre os pontos a serem apresentados está a aceitação, por parte do agente financeiro de documentos como contas de água e energia elétrica como comprovante de capacidade de pagamento. Atualmente são aceitos apenas documentos de movimentação fiscal. A pedido de reunião deve ser feito pela bancada federal.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)