Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

06/07/2007 06:19

Concedida liberdade a professor que matou vizinho

TJGO

Foi cumprida ontem (5) decisão proferida ontem pelo juiz-substituto André Avancini D’Avila, da 2ª Vara Criminal de Goiânia, que concedeu liberdade provisória ao professor de Literatura do Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet) e mestre em Sociologia pela Universidade Federal de Goiás (UCG) Sebastião Alves de Almeida. Ele foi preso em flagrante por volta das 21h30 de 25 de junho, em sua residência, no Setor Sudoeste, momentos após efetuar dois tiros em seu vizinho, o comerciante Rubens Gonçalves de Melo, causando-lhe a morte.

Segundo investigações, ambos eram vizinhos havia 10 anos e tinham uma rixa. O que teria motivado o assassinato foi o fato de Rubens ter colocado seu lixo doméstico na porta da casa de Sebastião, dando início a uma discussão entre ambos, que culminou com os disparos feitos pelo professor.

O pedido de liberdade provisória recebeu parecer contrário do Ministério Público (MP) mas, desacolhendo a manifestação da promotoria, o juiz atendeu ao pleito sob o entendimento de que a prisão preventiva pode ser mantida apenas nos casos em que for necessária para a garantia da ordem pública, da ordem econômica, por conveniência da instrução criminal ou para assegurar a aplicação da lei penal. Segundo o magistrado, o caso em questão não abrange nenhuma dessas situações, razão pela qual concedeu a liberdade. Levou em consideração, ainda, o fato de que o indiciado é réu primário, tem bons antecedentes, endereço e emprego fixos. (Patrícia Papini)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)