Cassilândia, Domingo, 19 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

31/05/2011 16:22

Comissões do Senado aprovam volta de fuso horário de duas horas a menos para o Acre

Ivan Richard, Agência Brasil

Brasília – Foi aprovado hoje (31) pelas comissões de Constituição e Justiça (CCJ), de Assuntos Econômicos (CAE) e de Relações Exteriores (CRE) do Senado o projeto de lei que altera o fuso horário do Acre para duas horas a menos em relação ao horário oficial de Brasília.

A matéria tenta revogar uma lei de 2008 que fez com que o estado passasse a ter apenas uma hora a menos em relação à capital do país. O texto será votado novamente na próxima semana pela CCJ e, depois, seguirá para a Câmara dos Deputados.

Como o relator da matéria, o senador Luiz Henrique (PMDB-SC), acatou as emendas apresentadas pela senadora amazonense Vanessa Grazzioton (PCdoB) e pelo paraense Flexa Ribeiro (PSDB), o novo fuso foi estendido também a municípios do Amazonas e do Pará.

“Se restabeleceu o sistema de quatro fusos horários contemplando o estado do Acre, 13 municípios do Amazonas e o oeste do estado do Pará, que passam a ter duas horas a menos que o horário de Brasília”, explicou o relator. “Foram apresentadas emendas porque os municípios do Amazonas e do Pará encontram-se na mesma situação geográfica e reclamam a integração do mesmo fuso do Acre”, acrescentou.

Durante as eleições do ano passado, 58% da população do Acre, em resposta a referendo sobre o tema, manifestaram-se contrariamente à mudança do horário promovida em 2008. Diante do resultado, o senador Sérgio Petecão (PMN-AC) pediu para que o senador Pedro Taques (PDT-MT) apresentasse o projeto de lei para ratificar a decisão. O resulado nas comissões hoje foi de 17 votos a favor e uma abstenção.

O senador Jorge Viana (PT-AC), governador do estado quando o horário foi alterado, que se absteve da votação, criticou a proposta dizendo que prevaleceu uma disputa política em detrimento do interesse do estado. Para ele, a diferença de duas horas em relação ao restante do país prejudicará o Acre.

“A grade horária da televisão terá que ser mudada, um filme que passa às 19h não poderá ser exibido às 17h. O horário de funcionamento dos bancos também precisará ser alterado. Venceram aqueles que querem o atraso do estado”, criticou.

Edição: Lana Cristina

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 19 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 18 de Fevereiro de 2017
Sexta, 17 de Fevereiro de 2017
20:33
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)