Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

26/09/2007 14:52

Comissão pode votar salários dos professores nesta 4ª

O Projeto de Lei 619/2007, que cria o piso salarial nacional para os professores, poderá ser votado nesta quarta-feira, 26 de setembro, durante reunião da Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados, marcada para as 10h, no Plenário 10.

O texto, do Poder Executivo, determina um valor, para uma jornada de 25 horas, de R$ 850,00 a partir de 2010. A proposta do relator, deputado Severiano Alves (PDT-BA) eleva essa cifra para R$ 910, também a partir de 2010. Em ambas as propostas, esse patamar seria alcançado gradativamente.

Para a Confederação Nacional de Municípios (CNM), a recomposição dos salários dos professores é urgente e necessária e, sem dúvida, contribuiria decisivamente para a melhoria da qualidade do ensino. Mas, é preciso que, a proposta garanta a complementação da União para os municípios que não têm condições de pagar o salário proposto pela União.

“Afinal, são os municípios que vão assumir essa conta e, se não tiverem dinheiro, podem ter que demitir professores, o que vai contra a melhoria da qualidade da educação. Sem a complementação da União, os municípios não terão condições de cumprir o piso proposto pelo governo”, alertou Ziulkoski.

Levantamento da CNM em 368 municípios cujos gastos com educação são representativos da realidade nacional mostra que a média salarial dos professores com nível médio e carga horária de 25 horas, é de R$ 510,58.

Entre os docentes de nível superior, a média é de R$ 632,61. A mesma pesquisa apontou que 190 municípios não têm condições de pagar o abono e que 181 gastam com salários mais do que os 60% previstos no Fundeb para pagamento de professores. Na média, a educação compromete 32,42% do orçamento com educação com a folha dos funcionários do setor.



Assomasul.org

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)