Cassilândia, Sábado, 29 de Abril de 2017

Últimas Notícias

26/09/2007 14:52

Comissão pode votar salários dos professores nesta 4ª

O Projeto de Lei 619/2007, que cria o piso salarial nacional para os professores, poderá ser votado nesta quarta-feira, 26 de setembro, durante reunião da Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados, marcada para as 10h, no Plenário 10.

O texto, do Poder Executivo, determina um valor, para uma jornada de 25 horas, de R$ 850,00 a partir de 2010. A proposta do relator, deputado Severiano Alves (PDT-BA) eleva essa cifra para R$ 910, também a partir de 2010. Em ambas as propostas, esse patamar seria alcançado gradativamente.

Para a Confederação Nacional de Municípios (CNM), a recomposição dos salários dos professores é urgente e necessária e, sem dúvida, contribuiria decisivamente para a melhoria da qualidade do ensino. Mas, é preciso que, a proposta garanta a complementação da União para os municípios que não têm condições de pagar o salário proposto pela União.

“Afinal, são os municípios que vão assumir essa conta e, se não tiverem dinheiro, podem ter que demitir professores, o que vai contra a melhoria da qualidade da educação. Sem a complementação da União, os municípios não terão condições de cumprir o piso proposto pelo governo”, alertou Ziulkoski.

Levantamento da CNM em 368 municípios cujos gastos com educação são representativos da realidade nacional mostra que a média salarial dos professores com nível médio e carga horária de 25 horas, é de R$ 510,58.

Entre os docentes de nível superior, a média é de R$ 632,61. A mesma pesquisa apontou que 190 municípios não têm condições de pagar o abono e que 181 gastam com salários mais do que os 60% previstos no Fundeb para pagamento de professores. Na média, a educação compromete 32,42% do orçamento com educação com a folha dos funcionários do setor.



Assomasul.org

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 29 de Abril de 2017
Sexta, 28 de Abril de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 27 de Abril de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)