Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

16/02/2016 06:40

Começa por Goiás o desligamento da TV analógica

Midiamax

O sinal da TV analógica de três emissoras foi desligado hoje (15) em Rio Verde (GO), cidade escolhida como piloto para a digitalização do sinal de televisão no país. As outras emissoras que atuam na cidade terão até o dia 29 deste mês para digitalizar o sinal em definitivo.

A decisão de desligar parcialmente o sinal na cidade foi tomada hoje (15), em reunião do Grupo de Implantação da TV Digital (Gired), que reúne representantes do governo, radiodifusores e operadoras de telecomunicações, mesmo não tendo sido atingido o percentual de 93% de digitalização em todo o município, o que era considerado condição para haver o desligamento total do sinal analógico. Com a mudança, essas emissoras passam a operar somente no sinal digital e só podem ser assistidas por televisores compatíveis com o sinal digital. Nos aparelhos antigos, sem conversor, a programação deixa de ser recebida.

Segundo o conselheiro da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Rodrigo Zerbone, presidente do Gired, cerca de 87% das casas já estão recebendo o sinal digital na cidade. “Mas considerando que Rio Verde é um piloto, que o nível de conhecimento da população do processo é muito alto e que a credibilidade do processo tem que ser preservada, decidimos iniciar imediatamente o processo de desligamento e concluir até o final do mês”, disse Zerbone à Agência Brasil.

As emissoras que não estão mais transmitindo em sinal analógico são a Rede Vida, a Canção Nova e a Record News. As emissoras Band, Record, Globo e SBT deverão desligar o sinal analógico até o dia 29 de fevereiro. “Elas têm a liberdade de desligar em qualquer dia, mas até o dia 29 todas devem estar desligadas”, esclareceu Zerbone. A conclusão do desligamento na cidade goiana acontecerá mediante a realização de nova pesquisa que confirme as projeções de distribuição dos conversores e atingimento do percentual de domicílios aptos a receber o sinal digital terrestre.

Inicialmente, o início do desligamento na cidade goiana estava previsto para o dia 29 de novembro do ano passado, mas a ação foi adiada para hoje porque a meta de 93% de domicílios aptos a receber o sinal de TV digital aberto não foi atingida.

O restante do cronograma para o desligamento foi mantido pelo Gired. Em outubro deste ano, Brasília e cidades do entorno do Distrito Federal vão fazer a transição. No decorrer de 2017 será a vez de todas as capitais da Região Sudeste, além de Goiânia, Salvador, Recife e Fortaleza. Outras cidades do estado de São Paulo e do Nordeste passarão pela mudança no próximo ano. Em 2018, a transição para o sinal de TV digital vai incluir as capitais e outras cidades das Regiões Sul, Centro-Oeste e Norte, todo o interior dos estados do Rio de Janeiro e de São Paulo.

Para a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), este é um momento importante para a radiodifusão, pois é a primeira etapa para o fim das transmissões analógicas em todo o Brasil. “A Abert reitera o compromisso com o desligamento do sinal analógico nas condições e cronograma determinados pelo Ministério das Comunicações, garantindo a cobertura e acesso da população à TV aberta e gratuita”, diz a entidade.

Segundo o Ministério das Comunicações, a distribuição dos conversores para as famílias cadastradas nos programas sociais do governo federal continuará em Rio Verde, mesmo com o desligamento do sinal analógico.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)