Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

20/11/2013 15:46

Com saudade da família em MS, chefe de inspeção do Mapa pede exoneração

Campo Grande News

Durou pouco mais de um mês a permanência do médico veterinário José Nilton Botelho na chefia do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa) do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa). Alegando motivos pessoais, Botelho, que foi nomeado para o cargo no dia 14 de outubro passado, já pediu exoneração e a publicação deve sair no Diário Oficial da União nos próximos dias.

Botelho construiu boa parte de sua carreira como fiscal agropecuária em Mato Grosso do Sul. Ele exerceu por 15 anos a chefia do Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Animal, da Superintendência Federal de Agricultura no Estado. Segundo uma fonte do Mapa, Botelho estava com “saudade da família”. Ao chegar em Brasília para chefiar a Dipoa, ele já teria manifestado a dificuldade de ficar longa da família, especialmente dos netos.

Em meio a protestos dos fiscais agropecuários, Botelho substituiu o médico veterinário do setor privado Flávio Braile Turquino, que foi o primeiro profissional fora do quadro de servidores do Ministério da Agricultura a ocupar a direção Dipoa, criado em dezembro de 1906. Os fiscais também protestaram na época contra a nomeação do advogado Rodrigo Figueiredo para comandar a Secretaria de Defesa Agropecuária, à qual é vinculado o Dipoa, porém o titular continuou no cargo.

Fiscal federal agropecuário há 32 anos, Botelho deve reassumir suas atividades em Mato Grosso do Sul, onde mora sua família. Botelho será substituído interinamente Leandro Feijó, que é atual diretor-substituto do Dipoa.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)