Cassilândia, Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018

Últimas Notícias

28/06/2018 19:09

Com destaques, MS tem 10 cidades entre as mais desenvolvidas do Brasil

Humberto Marques, Campo Grande News
São Gabriel do Oeste é a cidade com a melhor média de Mato Grosso do Sul em ranking da Firjan. (Foto: PSGO/Divulgação)São Gabriel do Oeste é a cidade com a melhor média de Mato Grosso do Sul em ranking da Firjan. (Foto: PSGO/Divulgação)

Dez municípios de Mato Grosso do Sul integram a lista da Firjan (Federação das Indústrias do Rio de Janeiro) que engloba as 500 cidades mais desenvolvidas do país. O resultado é baseado em médias de três áreas de estudo –Emprego e Renda, Educação e Saúde– que integram o IFDM (Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal).

Isoladamente, porém, o Estado têm alguns destaques e um mérito: não tem nenhum município em baixo estado de desenvolvimento.

As notas variam de 0 a 1 –quando maior, mais desenvolvida é a cidade. Cada item tem sub-avaliações, que envolvem desde a geração de emprego formal aos índices de abandono do Ensino Fundamental e número de óbitos infantis por causas evitáveis. Toda a base de dados é referente a 2016, sendo divulgada nesta quinta-feira (28).

Notas de 0,0 a 0,4 são tratadas como baixo estágio; 0,4 a 0,6 representam desenvolvimento médio; 0,6 a 0,8 desenvolvimento moderado e 0,8 e 1,0 alto estágio de desenvolvimento.


Conforme o estudo, a cidade do Estado com melhor nota é São Gabriel do Oeste –a 120 km de Campo Grande–, com média 0,8401. Primeira em Mato Grosso do Sul, ela é a 126ª no ranking nacional.


Na sequência, no Estado, aparecem Três Lagoas (0,8210, 234ª no ranking nacional), Rio Brilhante (0,8189, 257ª), Campo Grande (0,8145m, 299ª), Dourados (0,8101, 340ª), Naviraí (0,8027, 403ª) e Chapadão do Sul (0,8015, 415ª), que ainda atingiram quociente de alto estágio de desenvolvimento.


Selvíria (0,7962, 475ª colocada nacional), Água Clara (0,7948, 490ª) e Costa Rica (0,7942, 499ª), com índices de desenvolvimento moderado.


No outro extremo do ranking, as cidades com as piores notas do Estado aparecem com notas que as colocam em desenvolvimento médio: Tacuru é a última colocada, com nota 0,5022 (a 5.186ª do Brasil). O grupo ainda conta com Paranhos (0,5584), Sete Quedas (0,5597), Japorã (0,5684), Coronel Sapucaia (0,5829), Eldorado (0,5879) e Antônio João (0,5989).


Em comum, estão os fatos de que todas essas cidades estão localizadas na região de fronteira com o Paraguai, contando com grande contingente de populações indígenas em aldeias.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 10 de Dezembro de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 09 de Dezembro de 2018
09:00
Santo do dia
Sábado, 08 de Dezembro de 2018
Sexta, 07 de Dezembro de 2018
09:00
Santo do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)