Cassilândia, Quinta-feira, 03 de Dezembro de 2020

Últimas Notícias

04/08/2020 11:40

Coluna – Quem vai brigar pelo título do Brasileirão 2020?

Flamengo e Palmeiras seguem favoritos; Grêmio e Galo correm por fora

Agência Brasil
Coluna – Quem vai brigar pelo título do Brasileirão 2020?

Há dois anos, depois de processos de reestruturação administrativa (cada um em um formato próprio), Flamengo e Palmeiras se distanciaram dos demais clubes do futebol brasileiro. Não só no aspecto financeiro, mas também no esportivo. Assim, em 2018 e 2019 brigaram pelo título do Brasileirão (ano passado o Santos ficou entre os dois na classificação final, mas isso com a ajuda do próprio Palmeiras, que despencou depois da Copa América e ficou em quinto lugar no returno). No próximo fim de semana, dias 8 e 9 de agosto, começa mais uma edição do Brasileirão. E a pergunta que surge é: quem vai brigar pelo título desse campeonato que só termina em fevereiro do ano que vem?

É evidente que o Flamengo, atual campeão, sai como favorito. Se perdeu o técnico Jorge Jesus, considerado como um dos responsáveis pelo grande momento do time em 2019, por outro manteve o grupo, que, aliás, vem reforçado por Gustavo Henrique, Michael, Pedro, Pedro Rocha e Thiago Maia (o zagueiro Pablo Mari foi a única perda entre os titulares). O Palmeiras, em tese, é a segunda força, mas perdeu Dudu e Luxemburgo terá de arrumar o time com essa mudança no meio e no ataque. E quem aparece depois dessa dupla?

O Grêmio sempre surge como um dos que vão brigar pelo título. Em 2018, ganhou o Gauchão, mas foi eliminado nas quartas de final da Copa do Brasil pelo Flamengo, na semifinal da Libertadores pelo River Plate e terminou o Brasileirão em quarto lugar. Ano passado, de novo campeão gaúcho, mas também foi eliminado nas semifinais da Copa do Brasil, pelo Athletico Paranaense, e na Libertadores, com direito a uma goleada de 5 a 0 do Flamengo. Coincidentemente, ficou em quarto lugar na Série A.

Arthur e Luan foram duas perdas gremistas nos dois últimos anos, e em 2020 quem está na mira das grandes equipes da Europa é Everton Cebolinha. Com ele, e sem poupar jogadores como gosta de fazer, Renato Gaúcho poderá levar o Grêmio ao topo e à briga pelo título. Sem isso, certamente será bem mais difícil.

A novidade da temporada parece ser o Atlético Mineiro. Apesar da dívida que supera os R$ 740 milhões, o clube investiu R$ 130 milhões em 15 reforços, com a ajuda de parceiros. E ainda conta com o técnico Jorge Sampaoli, o argentino que levou o Santos ao vice do Brasileirão em 2019. Tem time para brigar em campo por algo melhor que nos últimos anos, mas o desajuste financeiro pode afetar essa participação, porque não é raro os salários atrasarem.

Agora, se olharmos friamente os demais times, veremos ser muito difícil apostar em algum outro com condições de brigar pela primeira posição. E não é de hoje que, sabidamente, muitas das equipes entram no campeonato com o objetivo claro de lutar por uma vaga na Libertadores, ou na Sul-Americana, ou até mesmo para simplesmente não cair para a Série B.

Este ano, ter um elenco forte e diversificado será ainda mais importante, pois o calendário está apertado. E esse aspecto, aliás, pode ser determinante para a participação dessas equipes no Brasileirão, pois as datas da Copa do Brasil e da Copa Libertadores estão todas no mesmo pacote, tornando essa temporada ainda mais desgastante (também vale lembrar que esses times têm jogadores de nível de seleção, e que podem sofrer desfalques quando chegarem os jogos das eliminatórias para a Copa).

Vale arriscar surpresas? Considerando que o Athletico não é surpresa há um bom tempo, Fortaleza e Bahia seriam minhas apostas. Se conseguirem sobreviver à ausência de torcedor nos estádios, com consequente queda de receita, creio que vão chegar na frente de muitos que ainda se consideram grandes. É claro que surpresa tem também pelo lado ruim, e não é exagero dizer que o Botafogo vai precisar se reinventar para não repetir o desempenho do Cruzeiro de 2019 e acabar o ano rebaixado para a Série B.

* Por Sergio du Bocage, apresentador do programa No Mundo da Bola, da TV Brasil

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 03 de Dezembro de 2020
Quarta, 02 de Dezembro de 2020
Terça, 01 de Dezembro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)