Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

05/03/2013 16:32

CNJ mantém aposentadoria de juiz acusado de fazer política

Débora Zampier, Agência Brasil

Brasília – Acusado de participar de atividade político-partidária, o juiz L.J.M, do Tribunal de Justiça do Maranhão, teve punição mantida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Em sessão nesta terça-feira (5), o Conselho confirmou, por 9 votos a 5, decisão do tribunal pela aposentadoria compulsória do magistrado.

Titular no município de Santa Quitéria, o  juiz acionou o CNJ para tentar reverter decisão do tribunal maranhense de 2009. De acordo com a Constituição e com a Lei Orgânica da Magistratura, os juízes não podem participar de atividades político-partidárias, conforme destacou o relator do processo, conselheiro Bruno Dantas.

Segundo Dantas, a decisão do tribunal foi baseada em provas sólidas do engajamento político do juiz, como a degravação de discurso do magistrado e depoimentos de testemunhas que detalham sua participação em passeatas, comícios e outros eventos ao lado de políticos locais.

Em sua defesa, o juiz disse que não atuava politicamente, e sim com o objetivo de alertar a população local sobre assuntos de interesse. Informou, ainda, que sua produtividade era alta e que a atividade nunca prejudicou seu trabalho.

Edição Beto Coura

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)