Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

04/05/2012 10:53

Classe média traz a mulher como grande protagonista

Sebrae

As mulheres são as grandes protagonistas na nova classe C. Na maioria dos negócios, são elas que dão a palavra final, na avaliação do publicitário Renato Meirelles, diretor do Instituto de Pesquisa Data Popular. “São elas que decidem tudo de importante para a família, e isso os próprios homens admitem”, destacou o publicitário, que proferiu palestra sobre ‘Como Conquistar a Nova Classe Média’ em Dourados, na noite de quinta-feira (3) no auditório da Unigran.

O tema chamou atenção de empresários de micros e pequenos empreendimentos e universitários, que lotaram o auditório. Pela pesquisa do Data Popular, as mulheres se tornaram mais ‘poderosas’. Em média nas famílias pesquisadas, a cada R$ 100 que entra em uma casa, R$ 41 vem da mulher. “Elas exercem mais responsabilidade sobre a família, têm mais autonomia socioeconômica e que resulta no consumo”, diz.

De forma bastante didática e bem humorada, Meirelles, explicou o novo perfil socioeconômico do consumidor brasileiro, que nos últimos dez anos mudou muito. A novidade foi o fortalecimento da classe C, composta por famílias que têm uma renda mensal domiciliar média de R$ 2,5 mil. A classe média, antes considerada de baixa renda, é responsável por 53,9% dos consumidores brasileiros e quase 60% dos consumidores de Mato Grosso do Sul. “O desafio agora são as empresas conquistarem esses consumidores cada vez mais exigentes com qualidade e preço justo”, acrescenta.

Entre as curiosidades da nova classe média, Meirelles citou que os jovens lideram e são mais conectados e formadores de opinião. Entre 2002 e 2010 os eleitores de nível universitário na classe C saltaram de seis milhões para nove milhões.

A nova classe média não deseja o estilo de vida das elites e prefere produtos que valorizam a sua origem. De acordo com dados do Data Popular, a classe C é responsável por 78% do que é comprado em supermercados, 60% das mulheres que vão a salões de beleza, 70% dos cartões de crédito no Brasil e 80% das pessoas que acessam a internet. “A nova classe média movimenta R$ 273 bilhões na internet por ano somente com seu salário, se considerarmos o crédito disponível a ela, esse montante dobra”, detalha Meirelles, lembrando que “este consumidor tem a ambição de viver melhor, consumir mais e, portanto, se qualificar a fim de gerar mais renda”.

O empresário de microempresa do ramo de seguros, Silvano Piacentine, destaca que a palestra ajudou bastante a fim de ‘abrir a mente’ e buscar esse consumidor emergente. “Esse tipo de palestra é bastante pertinente para desenvolvermos estratégias de mercado”, avaliou.

A empresária Cleuza Zornita explicou que já vem buscando esse público que compra carro zero, vai ao supermercado e enche o carrinho com produtos que antes só eram adquiridos pela classe A ou B, viaja de avião, vai às compras ao shopping e quer consumir sem tentar parecer alguém da elite. “Já há algum tempo venho observando esses novos consumidores e essa palestra foi muita esclarecedora sobre as necessidades dos empresários conquistar esse público”, avalia.

O diretor técnico do Sebrae, Tito Estanqueiro, disse que o objetivo do Sebrae é incentivar as empresas a buscarem os consumidores da classe C com informações quem passou dez anos pesquisando esse segmento de mercado, como e especialista Meirelles. “Dourados tem uma massa de consumidores bastante atraente, é um polo com 35 municípios ao redor. A classe C é vitoriosa, hoje tem dinheiro e quer comprar e, claro, pagando um preço justo por produtos de qualidade”, destacou Estanqueiro.

Feira do Empreendedor



Estanqueiro aproveitou o momento para convidar o público a participar da Feira do Empreendedor, que acontece entre os dias 1º a 3 de junho em Dourados. “O evento tem o objetivo de trazer um conjunto de soluções que o Sebrae disponibiliza para dinamizar o dia a dia dos empreendedores”, acrescentou.

O diretor técnico do Sebrae fez uma explanação geral sobre o que o evento vai oferecer, como palestras, treinamentos, rodadas de negócios e orientação aos empresários. “É importante a participação dos empreendedores, pois é uma oportunidade de obter conhecimentos, facilitar os negócios e consequentemente a geração de renda”, observou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)