Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/09/2010 08:04

Cidade de Mato Grosso teve eleição ontem; veja resultado

TRE/24horasnews

O candidato Harrison Benedito Ribeiro, da Coligação Leverger Não Pode Parar, venceu a eleição suplementar de Santo Antônio de Leverger, realizada neste domingo, 5 de setembro, com 48,99% dos votos válidos. A chapa tem como vice-prefeita Alderian Moreira Rodrigues. A coligação é formada pelo PSDB, DEM e PDT.

O juiz eleitoral da 38ª Zona Eleitoral de Santo Antônio, José de Arimatéria, esclareceu aos eleitores presentes no local de apuração, no centro da cidade, que a diplomação de Harrison Benedito depende do julgamento dos recursos impetrados pelo candidato, no Tribunal Superior Eleitoral, contra decisão do Tribunal Regional Eleitoral, que indeferiu o pedido de sua candidatura com base na lei da Ficha Limpa.

\'Como o primeiro colocado não obteve 50% mais um dos votos válidos, caso o TSE negue o recurso, será diplomada a segunda colocada\", explicou o magistrado.

Harrison obteve 5.481 dos 11.188 votos válidos, contra 5.234 da segunda colocada, Maria da Glória Ribeiro Garcia, a Glorinha, da Coligação Avança Leverger. O terceiro colocado, João Bendito da Silva Neto, do Partido Republicado Brasileiro (PDT), obteve 473 votos.

Do total de 14.071 eleitores, 2.444 não compareceram às urnas, 181 votaram em branco e 258 anularam o voto.

Harrison Benedito era presidente da Câmara dos Vereadores e ocupa interinamente o cargo de prefeito desde 29 de fevereiro de 2009, quando a Justiça Eleitoral cassou o mandato do prefeito eleito no pleito de 2008, Faustino Dias Neto (DEM), por compra de votos.

Faustino Dias havia vencido a eleição com mais de 50% dos votos válidos, o que ensejou a determinação de nova eleição no município.

A candidatura de Harrison Benedito foi indeferida pelo TRE no último dia 30 de agosto.Naquela sessão, o Pleno do TRE acolheu, por unanimidade, o recurso interposto pela coligação Avança Leverger, da candidata Glorinha, que questionava a candidatura de Harrisson.

Os membros do Pleno entenderam que Harrisson Ribeiro está inelegível pelo fato de ter sido demito a bem do servido público da Secretaria Estadual de Fazenda em 2006, acusado de envolvimento em fraudes fiscais. O procedimento administrativo que culminou na demissão Harrisson é um dos dispositivos citados na lei da Ficha Limpa. Sua candidatura encontra-se em grau de recurso no TSE.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)