Cassilândia, Sexta-feira, 25 de Maio de 2018

Últimas Notícias

06/09/2010 08:04

Cidade de Mato Grosso teve eleição ontem; veja resultado

TRE/24horasnews

O candidato Harrison Benedito Ribeiro, da Coligação Leverger Não Pode Parar, venceu a eleição suplementar de Santo Antônio de Leverger, realizada neste domingo, 5 de setembro, com 48,99% dos votos válidos. A chapa tem como vice-prefeita Alderian Moreira Rodrigues. A coligação é formada pelo PSDB, DEM e PDT.

O juiz eleitoral da 38ª Zona Eleitoral de Santo Antônio, José de Arimatéria, esclareceu aos eleitores presentes no local de apuração, no centro da cidade, que a diplomação de Harrison Benedito depende do julgamento dos recursos impetrados pelo candidato, no Tribunal Superior Eleitoral, contra decisão do Tribunal Regional Eleitoral, que indeferiu o pedido de sua candidatura com base na lei da Ficha Limpa.

\'Como o primeiro colocado não obteve 50% mais um dos votos válidos, caso o TSE negue o recurso, será diplomada a segunda colocada\", explicou o magistrado.

Harrison obteve 5.481 dos 11.188 votos válidos, contra 5.234 da segunda colocada, Maria da Glória Ribeiro Garcia, a Glorinha, da Coligação Avança Leverger. O terceiro colocado, João Bendito da Silva Neto, do Partido Republicado Brasileiro (PDT), obteve 473 votos.

Do total de 14.071 eleitores, 2.444 não compareceram às urnas, 181 votaram em branco e 258 anularam o voto.

Harrison Benedito era presidente da Câmara dos Vereadores e ocupa interinamente o cargo de prefeito desde 29 de fevereiro de 2009, quando a Justiça Eleitoral cassou o mandato do prefeito eleito no pleito de 2008, Faustino Dias Neto (DEM), por compra de votos.

Faustino Dias havia vencido a eleição com mais de 50% dos votos válidos, o que ensejou a determinação de nova eleição no município.

A candidatura de Harrison Benedito foi indeferida pelo TRE no último dia 30 de agosto.Naquela sessão, o Pleno do TRE acolheu, por unanimidade, o recurso interposto pela coligação Avança Leverger, da candidata Glorinha, que questionava a candidatura de Harrisson.

Os membros do Pleno entenderam que Harrisson Ribeiro está inelegível pelo fato de ter sido demito a bem do servido público da Secretaria Estadual de Fazenda em 2006, acusado de envolvimento em fraudes fiscais. O procedimento administrativo que culminou na demissão Harrisson é um dos dispositivos citados na lei da Ficha Limpa. Sua candidatura encontra-se em grau de recurso no TSE.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 25 de Maio de 2018
Quinta, 24 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Quarta, 23 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)