Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

01/04/2008 18:27

Choveu muito em Campo Grande; veja como ficou o Prosa

Marta Ferreira/Campo Grande News
O Córrego Prosa, que corta a Capital, transbordou com a chuva desta tarde.Minamar JuniorO Córrego Prosa, que corta a Capital, transbordou com a chuva desta tarde.Minamar Junior

Em apenas 40 minutos, choveu nesta tarde na região central de Campo Grande o equivalente a 32 milimetros. Para piorar, os ventos chegaram a 52 quilometros horários na região onde mais choveu, próximo aos bairros Jardim dos Estados, Vila Célia, São Francisco, Santa Fé e adjacências. Condições assim, somadas a falta de drenagem na capital, tiveram como resultadoi um rastro de estrago, incluindo a morte do ciclista Dionísio Ferreira.

De acordo com o meteorologista Natálio Abraão, da universidade Anhanguera-Uniderp, a chuva de hoje fez tantos estragos por conta da concentração em um intervalo curto de tempo e do fato de a maior parte da água ter caído sobre uma única região. Em alguns pontos da cidade sequer choveu. Na estação metereológica da Uniderp, por exemplo, a precipitação foi de apenas 13,2 milímetros.

Os ventos pioraram a gravidade da chuva, fazendo com que árvores caíssem, como por exemplo a que atingiu um táxi na rua Marechal Rondon. O córrego Prosa transbordou em alguns pontos, e a água invadiu a pista, e em frente ao shopping Campo Grande foi preciso interditar o cruzamento da rua Paulo Coelho Machado com a Afonso Pena, por causa do lago que se formou. Para conter o trânsito, o cruzamento da Via Parque com a Afonso Pena também foi interropido por uma hora.

Em vários pontos do Jardim dos Estados e da Vila Célia, a força das águas provocou estragos, arrancando pedaços de asfalto das ruas. Na avenida Mato Grosso, o pavimento cedeu no trecho onde já havia ocorrido a mesma coisa há cerca de 15 dias, próximo ao cruzamento com a rua Rio Grando do Sul, obrigando a interdição da pista. Na rua Humberto de Campos, problema repetido também. Dois carros foram levados e um motociclista acabou sendo derrubado e ficando debaixo de um deles.

Fim da temporada chuvosa - Para este mês, a previsão do metereologista Natálio Abraão é de que a chuva dê trégua, com a chegada do outono, que é mais seca. Considerando as medições na estação da Anhanguera-Uniderp, a previsão é de chova 70 milímetros, menos que a média histórica de 105 milímetros.

Em março, Campo Grante teve, conforme os registros na universidade, 203 milímetros de chuva, 25% a mais que a média histórica do período.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)