Cassilândia, Terça-feira, 17 de Outubro de 2017

Últimas Notícias

26/03/2007 08:55

Chacina: família é executada a tiros

rmtonline

Depois de manifestos pedindo paz, a população de Dourados ainda convive com o recrudescimento da violência. Uma família foi executada a tiros na manhã deste domingo. À noite, mais mortes violentas elevaram os índices de violência a níveis alarmantes em Dourados.

A chacina ocorreu na casa localizada à rua Filinto Müller, 1955, no Jardim Canaã, um dos bairros mais violentos de Dourados. Foram mortos o pedreiro Abrão Israel Lucas, 36, o casal de filhos dele, fruto do primeiro casamento, Bruno Rodrigues de Oliveira, 13, e Natália Rodrigues Lucas, de oito anos, e a atual companheira, a merendeira da Escola Celso Muller do Amaral, Vera Lúcia Leonardo da Leste, de 48 anos.

O pedreiro foi morto em cima da cama do casal com dois tiros à queima-roupa, no coração. O corpo da mulher foi encontrado caído ao lado da cama, com um tiro na cabeça, enquanto Bruno Rodrigues, que dormia em um colchão estendido na sala e Natália Rodrigues, da mesma forma, no piso de um dos quartos, foram mortos com tiros na cabeça, à queima-roupa.

Os corpos das vítimas foram encontrados por volta das 7h por um amigo de Abrão Israel, de nome “Antonião”, já que eles tinham combinado na noite de sábado, uma pescaria para a manhã de domingo. Como Abrão Israel não chegava na casa do amigo para pegá-lo para ir pescar, este resolveu ir até a casa dele para checar o que havia ocorrido.

Ao chegar à casa de Abrão Israel, o amigo percebeu que o carro dele, um VW/Fusca, de cor azul, placas HQX-7865, de Dourados, não estava na garagem, e em seguida, encontrou a única porta arrombada.

Na investigação, a Polícia Militar e a Polícia Civil apuraram que o carro de uma das vítimas, um VW/Fusca, foi encontrado incendiado na rodovia que liga a cidade ao distrito de Panambi, via Jardim Maracanã.

Durante a madrugada, o Corpo de Bombeiros junto com o perito da Polícia Civil Janary França haviam atendido um incêndio a um carro na estrada que liga Dourados ao distrito. O carro era de Israel.

Segundo a Polícia, a chacina é um mistério, já que as vítimas não tinham relação com drogas e era tidas como pessoas de bem. As crianças não moravam com o pai. Elas estavam na casa porque haviam combinado pescar.

É a segunda chacina ocorrida em Dourados este ano. A primeira aconteceu há três meses no Jardim Santa Brígida, quando três jovens foram mortos a tiros, dois dos quais no local. Um quarto adolescente ficou paraplégico.



Fonte: Redação TV Morena

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 17 de Outubro de 2017
10:00
Receita do dia
Segunda, 16 de Outubro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 15 de Outubro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)