Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

26/03/2007 08:55

Chacina: família é executada a tiros

rmtonline

Depois de manifestos pedindo paz, a população de Dourados ainda convive com o recrudescimento da violência. Uma família foi executada a tiros na manhã deste domingo. À noite, mais mortes violentas elevaram os índices de violência a níveis alarmantes em Dourados.

A chacina ocorreu na casa localizada à rua Filinto Müller, 1955, no Jardim Canaã, um dos bairros mais violentos de Dourados. Foram mortos o pedreiro Abrão Israel Lucas, 36, o casal de filhos dele, fruto do primeiro casamento, Bruno Rodrigues de Oliveira, 13, e Natália Rodrigues Lucas, de oito anos, e a atual companheira, a merendeira da Escola Celso Muller do Amaral, Vera Lúcia Leonardo da Leste, de 48 anos.

O pedreiro foi morto em cima da cama do casal com dois tiros à queima-roupa, no coração. O corpo da mulher foi encontrado caído ao lado da cama, com um tiro na cabeça, enquanto Bruno Rodrigues, que dormia em um colchão estendido na sala e Natália Rodrigues, da mesma forma, no piso de um dos quartos, foram mortos com tiros na cabeça, à queima-roupa.

Os corpos das vítimas foram encontrados por volta das 7h por um amigo de Abrão Israel, de nome “Antonião”, já que eles tinham combinado na noite de sábado, uma pescaria para a manhã de domingo. Como Abrão Israel não chegava na casa do amigo para pegá-lo para ir pescar, este resolveu ir até a casa dele para checar o que havia ocorrido.

Ao chegar à casa de Abrão Israel, o amigo percebeu que o carro dele, um VW/Fusca, de cor azul, placas HQX-7865, de Dourados, não estava na garagem, e em seguida, encontrou a única porta arrombada.

Na investigação, a Polícia Militar e a Polícia Civil apuraram que o carro de uma das vítimas, um VW/Fusca, foi encontrado incendiado na rodovia que liga a cidade ao distrito de Panambi, via Jardim Maracanã.

Durante a madrugada, o Corpo de Bombeiros junto com o perito da Polícia Civil Janary França haviam atendido um incêndio a um carro na estrada que liga Dourados ao distrito. O carro era de Israel.

Segundo a Polícia, a chacina é um mistério, já que as vítimas não tinham relação com drogas e era tidas como pessoas de bem. As crianças não moravam com o pai. Elas estavam na casa porque haviam combinado pescar.

É a segunda chacina ocorrida em Dourados este ano. A primeira aconteceu há três meses no Jardim Santa Brígida, quando três jovens foram mortos a tiros, dois dos quais no local. Um quarto adolescente ficou paraplégico.



Fonte: Redação TV Morena

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)