Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/04/2004 15:05

Censo Escolar verificará uso da língua indígena

Assessoria MEC

Pela primeira vez, o Censo Escolar vai verificar o uso das línguas indígenas nas escolas localizadas em áreas habitadas por esses povos. Com o levantamento, será possível visualizar a riqueza sociolingüística do País e redirecionar as políticas públicas.


O estabelecimento de ensino, além de informar se a aula é dada na língua da própria comunidade, deverá assinalar em qual das cerca de 180 línguas indígenas existentes no Brasil o ensino é ministrado. Atualmente, há 2.079 escolas em áreas indígenas.


Para Kleber Gesteira Matos, coordenador de Educação Escolar Indígena do MEC, o levantamento vai permitir localizar onde há revigoramento ou perda lingüística. “Se uma escola não utiliza a língua indígena, é um sinal de tragédia lingüística, e é preciso conhecer para atuar rápido”. Segundo ele, o censo vai contribuir para orientar a produção didática sobre a educação indígena e ajudar os gestores e as organizações não-governamentais no desenvolvimento de uma educação de qualidade no âmbito do espaço escolar.


Temas sociais - Outra novidade no censo deste ano é a inclusão de um quesito, no questionário, para identificar a quantidade de escolas localizadas em áreas remanescentes de quilombos. Pelo levantamento, também será conhecido o número de escolas que funcionam em penitenciárias ou centros de reeducação.


Os estabelecimentos de ensino informarão, ainda, sobre os temas sociais contemporâneos abordados em sala de aula, seja por meio de projetos, disciplinas especiais ou matérias curriculares. Direitos humanos, educação para o trânsito, ética, cidadania, meio ambiente, racismo, sexualidade, violência e drogas são alguns dos assuntos apresentados pelo questionário do censo.


O levantamento está sendo realizado em 215.683 escolas da educação básica pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC), em parceria com as secretarias de Educação. Serão coletadas informações sobre matrícula, professores e infra-estrutura. A partir do recebimento do questionário, os estabelecimentos de ensino terão até 30 dias para preencher o formulário e devolvê-lo.


Repórter: João Luiz Mendes

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)