Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/08/2005 08:27

CCJ aprova loteria para sanear dívidas de clube

Agência Câmara

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara Federal aprovou ontem o Projeto de Lei 5524/05, do deputado Pedro Canedo (PP-GO), que cria a Timemania, loteria que deverá ajudar a sanear as finanças dos clubes de futebol. O projeto já havia sido aprovado pelas comissões de Seguridade Social e Família; e de Turismo e Desporto. Agora ele segue para o Plenário, em regime de urgência, ainda pendente de parecer da Comissão de Finanças e Tributação.
Pelo projeto, a Timemania será administrada pela Caixa Econômica Federal (CEF), que repassará 25% dos recursos arrecadados para os clubes de futebol. Os times deverão ceder o direito de uso de sua denominação, marca, emblema, hino ou símbolos para a divulgação e execução do concurso. Por outro lado, os recursos recebidos pelos clubes terão de ser usados para pagar débitos com a Receita Federal, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Recursos para o FNS
Inicialmente, a Timemania foi instituída pela Medida Provisória (MP) 249/05, que acabou revogada pela MP 254/05. A idéia, no entanto, não foi abandonada, mas retomada pelo PL 5524/05.
Na CCJ, coube ao deputado Luciano Zica (PT-SP) ler o parecer do relator, deputado Dr. Rosinha (PT-PR). O parecer foi favorável ao projeto e às emendas de Plenário e da Comissão de Turismo e Desporto, com apenas uma alteração quanto aos destinatários dos recursos a serem gerados pela futura loteria: as Santas Casas de Misericórdia foram substituídas pelo Fundo Nacional de Saúde (FNS).

Ministério do Esporte
O projeto estabelece uma receita líquida para o governo de 3,5% do total do valor arrecadado, que deverá ser aplicada pelo Ministério do Esporte em programas de desenvolvimento esportivo na educação básica e superior.
Da arrecadação total, 46% serão destinados ao pagamento dos prêmios, 20% ao custeio e manutenção do serviço, 3% ao Fundo Penitenciário Nacional (Funpen), 1,5% às Secretarias de Esporte dos Estados e Distrito Federal e 1% ao orçamento da Seguridade Social.
Fica estabelecido prazo de 120 meses para a quitação dos débitos dos clubes de futebol, com tolerância máxima de três parcelas mensais em inadimplência. O clube em atraso poderá ser afastado da loteria.



Reportagem - Luiz Claudio Pinheiro
Edição - Noéli Nobre

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)