Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

01/02/2007 17:34

Cavassa toma posse na Amamsul

TJ/MS

Deixando claro que está preparado para tempos difíceis, mas que pretende viver muitas alegrias junto aos filiados da Associação dos Magistrados de Mato Grosso do Sul (Amamsul), o novo presidente a entidade Juiz Luiz Antonio Cavassa de Almeida assumiu hoje (1º/2), às 9 horas, o cargo, juntamente com sua diretoria para o biênio 2007/2008, composta por Marcos José de Brito Rodrigues que responderá pela 1ª vice-presidência, tendo como 2ª vice-presidente Dileta Terezinha Souza Thomaz e como secretário-geral José Eduardo Neder Meneghelli.

Depois de um discurso emocionado proferido pelo seu antecessor, Juiz Marcelo Câmara Rasslan, Dr. Cavassa antecipou detalhes sobre suas propostas de trabalho. Disse que pretende continuar o trabalho realizado até o momento, conservar o patrimônio da entidade e defender os interesses da classe.

Queremos aproximar mais o associado de sua entidade de classe e promover, com isso, um fortalecimento natural para buscar melhorias nos âmbitos institucional e associativo”, afirmou o novo presidente. Garantiu que procurará trabalhar em sintonia com a entidade nacional.

Para finalizar o discurso de posse garantiu à platéia repleta de magistrados, familiares e amigos, que não são os postos honram os homens, mas os homens que honram os postos e agradeceu a presença de todos.

Diretrizes - Recentemente, questionado sobre seu posicionamento a respeito do voto aberto e motivado nas promoções de juízes, Cavassa lembrou que a conquista é de substancial importância por impor transparência no processo seletivo e justificar de forma fundamentada a escolha. Sobre a instituição da quarentena comenta: “O lapso temporal, de cumprimento obrigatório pelos magistrados que se aposentam, objetiva evitar o tráfico de influência, que não pode ser tratado de forma generalizada. Por outro lado, fere o direito individual do que se aposenta e pretende advogar para somar nos proventos. Apesar de constar no texto constitucional, a quarentena me afigura discriminatória”.

Em 2005, a AMB lançou uma campanha nacional pela simplificação da linguagem jurídica, uma primeira tentativa de acabar com os textos requintados e, diante do tema, o presidente da Amamsul já se posicionou: “Quanto mais se puder simplificar melhor, já que nem todos dominam o jargão jurídico”.

Formalização - A eleição foi realizada no dia 11 de novembro de 2006. Dos votos que elegeram o novo presidente 133 foram enviados pelo Correio e 56 foram presenciais. Houve quatro votos nulos e 12 em branco. O conselho fiscal da entidade também terá novos membros: Des. Jesus de Oliveira Sobrinho, Alexandre Branco Pucci, Olivar Augusto Roberti Coneglian, Wilson Leite Corrêa e Jacqueline Machado. Os suplentes são Simone Nakamatsu, Mauro Nering Karloh e Jackson Aquino de Araújo.

A solenidade – Compuseram a mesa, na cerimônia de posse de Cavassa, no auditório da Escola Superior da Magistratura (Esmagis), além de Marcelo Rasslan, o novo presidente eleito do Tribunal de Justiça, Des. João Carlos Brandes Garcia, o atual vice-presidente, Des. João Maria Lós e o Des. Jorge Eustácio da Silva Frias. Estiveram presentes à solenidade, entre outras autoridades, o Juiz Diretor do Foro da Capital, Marcos Brito, Des. Joenildo de Sousa Chaves, Juiz Luiz Gonzaga, Vereador e Presidente da Anoreg Paulo Pedra, Juiz Auxiliar da Corregedoria Geral Vladimir Adreu da Silva, Engenheiro Paulo César Pinto de Souza, Desa. Tânia Garcia de F. Borges, Juiz Aldo Ferreira da Silva Júnior, Juiz Auxiliar da Presidência Dr. Marco André Nogueira Hanson, Juiz Paulo Afonso de Oliveira, juiz David de Oliveira Gomes Filho, Juiz Romero Osme Dias Lopes, Juiz Julizar Barbosa Trindade, Juiz Dorival Moreira dos Santos, Des. Nildo de Carvalho, Juiz Odemilson Roberto Castro Fassa, Des. Luis Carlos Santini, Juiz Auxiliar Dorival Renato Pavan.

Autoria do texto:

Secretaria de Comunicação Social

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)