Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

26/09/2006 07:23

Cassilândia - Leitora envia duas preciosidades

A cassilandense Carmozina Aparecida da Silveira, hoje residente em São José do Rio Preto, guarda preciosidades sobre a história de Cassilândia. Além de textos, fotos. Hoje, ela manda mais uma colaboração que poderia ir para o Museu de Imagem e Som da cidade, se tivesse.
Jair Nunes Chaves, segundo ela, era o compositor da época conhecido como Chavino. Ela têm duas musicas de sua autoria. A primeira conta como foi a morte de Joaquim Balduino de Souza, o Cassinha, fundador de Cassilândia. Ele foi assassinado, na balsa de sua propriedade, porque uma família achou que ela teria responsabilidade em um crime. A cidade, com o tempo, achava que ele "não estava batendo muito bem", porque ficava olhando para o sol e tinha um carrinho puxado por cachorros.

A segunda música lembra o tempo em que Cassilândia era grande produtora de café. Hoje, não existe mais nenhum pé.

MORTE DO CASSINHA

Letra e música de Chavinho – Toada

Declamado

Muita gente ainda não sabe

Como foi triste o passado

De um fazendeiro rico

Ficou louco esse coitado

Olhava o sol durante o dia

E de noite nem dormia

Numa cruz ele abraçado.

O passado do Cassinha

E bom a gente nem lembrar

Era muito caridoso

E só vivia a trabalhar

Mais por causa de um engano

Da morte de um baiano

Esta história eu vou contar.

Cantado I

Um dia veio uns baianos

Seu filhinho atravessou

Um recado pro seu pai

O menino que levou

Não sabia o Cassinha

Que seu dia já chegou

Quando foi a tardezinha

Na espera do Cassinha

Lá no porto eles chamou.

II

O Cassinha tava triste

Ainda era alucinado

Ainda teve o destino

Foi atender o chamado

E cumprindo o seu dever

De um cidadão honrado

Quando chegou lá no porto

Os baianos olhavam torto

Já estava combinado.

III

O Cassinha foi chegando

Muito simples e descuidado

Os baianos perguntaram

Quando estava do outro lado

A morte do Miguel Ramos

Você é um dos culpados

O Cassinha respondeu

O seu corpo até tremeu

Pediu pra ser perdoado.

IV

O Cassinha ainda falou

Vocês estão muito enganados

Os homens não diziam nada

Com Jeito de malvado

Sacou de seus revolveres

O gatilho foi puxado

A rajada que se deu

O Cassinha ali morreu

Com o sangue derramado.

V

Mais deixou uma lembrança

Que será sempre lembrado

Cassilândia é uma flor

Que deixou bem começada

Uma Praça São José

Foi pro ele presenteada

Nunca vi bonita assim

Uma rua não tem fim

Com o seu nome gravado.





CASSILÂNDIA

Letra e música: Chavinho – Guarânia



Cassilândia é uma cidade,

Deixa o povo admirado.

Por ela ser muito nova,

E muito tem aumentado.

Eu aqui nesta cidade,

Sempre tenho observado.

Muita gente vem de longe,

Chega aqui fica parado.



O futuro desta cidade,

É a terra ser massapé.

A lavoura é muito bonita,

Principalmente o café.

Os lavouristas fazem suas plantas,

Que não perde nenhum pé.

A pobreza fica alegre,

Não fica rico quem não quer.



Das cidades de Mato Grosso,

Cassilândia faz sucesso.

Sua fama corre longe,

Porque tem muito progresso.

Quem gosta de terra boa,

Vem aqui não volta mais.

Mora nesta terra rica,

É fronteira de Goiás.



Moro aqui pra toda vida,

Isto é minha intenção.

Se for preciso que eu saia,

Quanto dói meu coração.

Vou cantando esta guarânia,

Pra levar recordação.

Desta cidade tão linda,

Pouco tempo era sertão.



Essas preciosidades estão surgindo, depois que a Rádio Patriarca iniciou um programa todos os sábados, com a finalidade de descobrir os pioneiros da cidade, em cada profissão ou atividade.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)