Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

01/08/2008 08:00

Cassilândia: Extorsão mediante sequestro desvendado

Polícia Civil

Em poucas horas a Polícia Civil de Cassilândia, coordenada pelo dr. Paulo Rosseto conseguiu desvendar mais um caso, desta feita um crime de extorsão mediante sequetro. Leia o boletim divulgado pela polícia:

Foi instaurado o Inquérito Policial n° 168/08, o qual versa sobre crime de EXTORSÃO MEDIANTE SEQUESTRO, PREVISTO NO ARTIGO 159 DO CÓDIGO PENAL, perpetrado por indivíduos não identificados, tendo como vítima LUZIA MARIA DOMINGOS.

A vítima LUZIA MARIA DOMINGOS, COM 69 ANOS DE IDADE, mediante ameaças de morte contra seu filho DERISVAINER, recebida por telefone, efetuou dois saques nos valores de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) cada, totalizando R$ 10.000,00 (dez mil reais), segundo informações obtidas com a vítima.

Os acusados ainda determinaram que a vítima, adquirisse um novo aparelho celular e desligasse o que ela possuía, pois dessa forma os familiares não poderiam manter contato com ela, e ainda conseguiram os telefones de familiares da vítima, dentre eles DERISVAINER.

A vítima foi obrigada mediante ameaça a hospedar-se em um HOTEL nessa cidade.
Os acusados então mantinham contato com DERISVAINER e ameaçavam matar a vítima, a qual é sua genitora, e exigiram R$ 200.000,00 (duzentos mil reais).

Como DERISVAINER disse não possuir o valor exigido, disseram para que ele vendesse seu veículo ao amanhecer e providenciasse o dinheiro.

A mente criminosa dos acusados foi tanta que eles ao manterem contato telefônico com DERISVAINER, colocaram-no conversando com sua mãe, pelo sistema de “conferência”, onde mais de uma pessoa conversa na mesma ligação telefônica, ou seja, ligaram para DERISVAINER a também para LUZIA MARIA e dessa forma os familiares ficaram convencidos que sua genitora havia sido sequestrada.

A família ficou DESESPERADA, TOTALMENTE TRANSTORNADA com os fatos.
Os acusados ainda determinaram que a vítima após efetuar os depósitos rasgasse os comprovantes e os colocassem no vaso do banheiro, dando descarga.

Os Policiais Civis ELIZÂNGELA, MALHEIROS, GUILHERME, SANDRA, LÁZARO E MÁRIO foram acionados, e a maioria mesmo estando de folga prontamente atenderam à determinação comparecendo na Delegacia de Polícia de imediato, iniciando-se as investigações.

Através de intenso trabalho de investigação, após diversas ligações telefônicas e checagem nas saídas da cidade, e em outros locais, descobriu-se então que a vítima ainda estava em Cassilândia.

Em diligências apurou-se que ela havia se hospedado no HOTEL SCALA nessa cidade, tendo então sido conduzida até seus familiares.

Cassilândia, 01 de agosto de 2008.






PAULO H. R. DE SOUZA,
Delegado de Polícia.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)