Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

26/10/2011 13:12

Cassilândia: "Eu teria morrido junto", diz viúva de Eufrásio

Bruna Girotto

Em entrevista concedida ao Rotativa no Ar, da Rádio Patriarca nesta quarta-feira (26), Rita de Cássia Silva Eufrásio, viúva do tenente José Eufrásio da Silva, 49 anos, disse acreditar que seu marido foi com a camionete até o local do crime e que os internos o chamavam de \'paizão\'.

\"Eu sei que muitas coisas não coincidem. Meu genro tem quase certeza que alguém comentou que a camionete dele [Eufrásio] estaria na casa do Paulão e que foi recolhida para o quartel. Isso eu também tinha a impressão que me falaram no dia do ocorrido, que a camionete dele teria sido recolhida. Então eu pergunto: \'Recolhida da onde?\' Eu estava meio tonta porque estava recebendo a morte do meu marido e estava duas noites sem dormir direito em viagem. Então realmente esta camionete estaria na casa do Paulão? Eu acredito que sim.\", relatou.

A mulher do tenente fez uma comparação com o dia que houve uma rebelião no presídio da cidade: \"No dia da rebelião, não veio viatura buscá-lo, ele foi no carro dele. Acredito que ele tenha saído com o carro dele, ido ao quartel e foi para o local com o carro dele, pois acabando o problema ele viria para a casa. Era o normal dele\".

Rita disse que ele era muito prestativo no trabalho dele. \"Eu inclusive brigava muitas vezes com ele. Inclusive se eu estivesse em casa, eu teria morrido junto com ele, porque eu teria ido com ele. Então como já houveram outras solicitações e ele estar de folga em casa, ele saiu várias vezes de casa, junto comigo, para dar uma volta no local, para ver se realmente o problema tinha sanado, se a viatura tinha ido lá. Então isso era um fato que realmente ele fazia\", falou.

Os que mais o chamavam de paizão, segundo Rita, não eram os militares, mas os internos que pagam hora de trabalho por estarem presos. \"Até um que vai se casar, convidou ele para ser padrinho e a mim para ser madrinha, então havia esse respeito pela forma que ele tratava\", contou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 11 de Dezembro de 2016
06:04
Fotogaleria
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)