Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

13/05/2009 10:55

Cassilândia: Delegado divulga nota sobre assassinato

O delegado de Polícia Paulo Rosseto acaba de divulgar nota oficial sobre a prisão do acusado da morte de Antonio Gonçalves Corte. Ela faz questão de destacar o trabalho em conjunto das polícias Civil e Militar e também do apoio que tiveram das policias de outros estados. Fez questão também de informar ao Cassilândianews a agilidade da justiça local, em especial do juiz de Direito Silvio Prado, na concessão da Prisão Preventiva, necessária para recambiar o acusado para Cassilândia. Chegou ontem por volta das 23 horas. Destacou o apoio que a policia tem recebido do Conselho de Segurança, presidido por Evandro Luiz Riguetti. Em todos os casos o Conselho tem dado condições financeiras para deslocamento de equipes da polícia, como foi também no caso.

Leia a nota do delegado sobre a prisão do acusado:

NOTA À IMPRENSA



Qualificação do acusado:
Nome: FÁBIO OLIVEIRA DA COSTA Vulgo: NÃO POSSUI
R.G. nº: 6587480-MG C.P.F. nº: 893.847.686-34
Estado Civil: Casado Cor: Morena
Filiação: Raimundo Firmo da Costa e de Catarina Oliveira da Costa
Data de Nascimento: 07/07/1974 Naturalidade: Ituiutaba/MG
Nacionalidade: Brasileira Profissão: Serviços Gerais
Endereço Resid.: Rua João Cristino da Silva, nº 1.087, Bairro Vila Pernambuco, Cassilândia/MS.

O acusado confessou a prática delitiva. Disse ter tido a participação de mais dois comparsas, os quais estamos tentando identificar corretamente.
Os dois acusados, na sexta-feira, mantiveram contato telefônico com FÁBIO OLIVEIRA DA COSTA perguntando se ele sabia como arrumar algum dinheiro, tendo FÁBIO dito a eles para que viessem para CASSILÂNDIA, pois ele sabia como.
Chegaram em CASSILÃNDIA no sábado por volta das 16h30min, e foram para a casa de FÁBIO, onde entabularam a prática criminosa.
FÁBIO comentou sobre a LOTÉRICA, pois já havia ido ao local, para pagar contas, efetuar saques, etc, e disse saber que no local não havia sistema de alarmes.
FÁBIO e um dos comparsas adentraram à casa da vítima pelos fundos, pulando o muro e foram até a garagem, pois pensavam que não havia ninguém no local.
Quando estavam retornando da garagem a mulher da vítima saiu e viu os acusados, e começou a gritar, momento em que um dos acusados imobilizou a vítima com um golpe conhecido como GRAVATA e FÁBIO foi até à garagem para verificar a LOTÉRICA, momento em que o outro acusado que estava com a mulher da vítima disse que havia um senhor no local, que era ANTÔNIO GONÇALVES CORTE.
FÁBIO retornou e já foi adentrando à casa momento em que CORTE estava saindo, e então o acusado começou a efetuar disparos de arma de fogo contra a vítima CORTE que revidou, tendo atingido o acusado EM SEU BRAÇO DIREITO, NO COTOVELO.
O acusado efetuou três disparos contra a vítima CORTE, a qual veio a óbito.
FÁBIO deixou o local rapidamente, e como estava baleado, acabou por deixar cair seu aparelho celular no meio do mato, o qual foi encontrado por POLICIAIS MILITARES. O aparelho celular foi periciado e aguardamos remessa do laudo.
Como o acusado foi alvejado, foi mantido contato com outros colegas Delegados de Polícia de ESTADO DE MINAS GERAIS E GOIAS, os quais conseguiram informações que havia um indivíduo que se chamava FÁBIO que estaria com ferimento proveniente de disparo de arma de fogo.
A partir dessas informações uma equipe da Polícia Militar e da Polícia Civil de Cassilândia deslocaram-se para ITUIUTABA onde mantiveram contato com o DR. EVANDRO e o Investigador VANDERLEI que fizeram parte das investigações e conseguiram informações que o acusado FÁBIO, havia dado entrada no HOSPITAL DE SANTA VITÓRIA, para onde se deslocaram, sendo que a Polícia da cidade foi avisada e conseguiu prender o acusado.
O acusado confessa o crime e informa tê-lo perpetrado para subtrair dinheiro.
Ele residia em Cassilândia há três meses, não tinha trabalho lícito, e era fugitivo do Estabelecimento penal de Ituiutaba/MG.
Para se internar em SANTA VITÓRIA, o acusado usou nome falso e inventou um estória de que seu filho estava pesando com ele, e acabou por disparar acidentalmente a arma de fogo.
O acusado foi recambiado para CASSILÂNDIA, após autorização do Juiz de Minas Gerais.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)