Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

07/11/2010 16:53

Candidatos de um mesmo local de prova receberam orientações distintas sobre erro no Enem

Amanda Cieglinski, Agência Brasil

Brasília - No Colégio Sigma, um dos maiores locais de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no Distrito Federal, a maioria dos estudantes parece não ter sido prejudicada pelo erro de impressão da folha de respostas da prova de ontem (6). Ainda assim, apesar de fazerem prova no mesmo lugar, os candidatos receberam informações desencontradas e orientações distintas sobre a marcação do cartão.

Ontem, a folha em que os estudantes marcam as respostas das questões estava com o cabeçalho das duas provas trocado. O exame tinha 90 questões, sendo a primeira metade de ciências humanas e o restante de ciências da natureza. Mas na folha de marcação, as questões de 1 a 45 eram identificadas como ciências da natureza e as de 46 a 90, como ciências humanas.

As irmãs Ana Elisa e Camila Thereza Oliveira fizeram prova em salas diferentes e receberam orientações distintas de como proceder a marcação. Segundo Ana, de 20 anos, logo nos cinco primeiros minutos de prova o fiscal avisou o erro aos candidatos e disse para eles seguirem a ordem numérica das questões. “Não teve problema porque eles foram rápidos e a orientação muito clara”, afirma. Já na sala de Camila, de 19 anos, não houve qualquer tipo de advertência sobre o problema.

“Eu marquei na ordem numérica sem nem perceber, ainda bem. Quando cheguei a minha casa é que fui saber do erro”, disse. Para Ana Elisa, ainda que elas não tenham sido prejudicadas, a falta de uma orientação padronizada é uma injustiça.

Segundo ela, com o episódio, o Enem perde credibilidade como um concurso sério. “Esses fatores afetam o resultado. A ideia de um exame unificado é excelente, mas precisa ser aperfeiçoada a questão da organização”, acredita. Ela espera que o Enem aumente suas chances de conseguir uma vaga em um curso de medicina.

Os colegas Diego Cardozo, 17 anos, e Gabriel Percinote, 19 anos, também receberam orientações distintas apesar de fazerem prova no mesmo colégio. Segundo Gabriel, o aviso sobre o erro na folha de respostas só veio por volta das 15h. Na avaliação dele, tempo suficiente para que algum candidato já tivesse marcado o gabarito de forma incorreta.

Já Diego percebeu durante a prova que havia diferença na ordem das questões entre o caderno de provas e a folha de marcação. Ele conta que chamou o fiscal, que o orientou a preencher as respostas na ordem numérica. “Mas ele disse isso só para mim, não avisou a sala inteira”, lembra. Apesar do desencontro de informações, Diego e Gabriel não se sentiram prejudicados e disseram que o erro não tumultuou a aplicação da prova.

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), o erro foi detectado logo que as provas começaram e todos os fiscais das 128 mil salas de prova foram avisados para orientar os estudantes que seguissem a ordem numérica das questões. O Inep garantiu ontem que “nenhum estudante será prejudicado”, caso tenha sido mal orientado. O órgão vai disponibilizar um site na internet para que os candidatos possam requerer a correção invertida da folha de marcação.

Edição: Talita Cavalcante

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)