Cassilândia, Sábado, 15 de Dezembro de 2018

Últimas Notícias

01/07/2018 16:30

Campo-grandense quer vencer Miss Brasil Gay com traje inspirado nos ipês

Campo Grande News
Mellany é a campo-grandense que vai representar o MS no Miss Brasil Gay 2018. (Foto: Arquivo Pessoal)Mellany é a campo-grandense que vai representar o MS no Miss Brasil Gay 2018. (Foto: Arquivo Pessoal)

Na disputa com outras 26 candidatas, a transformista campo-grandense Mellany Monteze, de 25 anos, é a representante sul-mato-grossense no Miss Brasil Gay que será realizado no dia 18 de agosto, em Juiz de Fora (MG). A expectativa é trazer pela primeira vez a faixa nacional para o Estado, especialmente, ao desfilar no passarela com traje típico inspirado nos ipês, roupa que reserva surpresas, garante ela.

No ano passado, Mellany, que é cabeleira, ficou em primeiro lugar no Miss Mato Grosso do Sul Gay 2017. Agora, o desejo é a projeção nacional, para continuar provando que a intolerância também pode ser encarada com muito brilho e reconhecimento.

Mellany não revela a cor do vestido, mas garante que o brilho e cerca de três tons de ipês vão surpreender os jurados. "Geralmente as candidatas levam animais como tema do traje típico, mas que queria algo que lembrasse o nosso estado com um tom mais refinado e sensível, mas que não deixasse de ser glamouroso. E uma das coisas mais lindas durante a florada na cidade é o ipê que faz parte do nosso cerrado. Por isso o vestido será inspirados nos ipês e com um efeito especial de cores".

Na passarela, além do traje típico, a cabeleireira desfilará com traje de gala. Será avaliada pelos jurados nos quesitos beleza, elegância, passarela e simpatia, e não tem dúvidas que este ano MS tem tudo para levar este título. "Nosso Estado está sendo muito bem reconhecido lá fora e acreditamos que vamos ter a melhor colocação".

Com 72 quilos, 1,78 metros de altura e um rosto lindo, ela conta que vem se preparando há um ano para o grande momento. "Em primeiro lugar é preciso cuidar muito da saúde, especialmente do corpo, porque também quero manter a forma. Além de cuidados com a pele e alimentação".

Neste ano a candidata teve sorte de conseguir patrocínio para cuidados com a pele, maquiagem, cabelo, mas garante que a participação tem um custo alto. "É muito dinheiro, por isso é necessário muita dedicação".

No entanto, além do título, Mellany quer trazer para casa inspiração a todo público LGBT. "Eu acredito que o Miss Gay representa uma militância, um reconhecimento e uma luta. Porque ser homossexual ainda é um barreira muito grande e quando você se torna transformista o preconceito é ainda maior. Por isso, ser miss é trazer clareza, mostrar que não precisamos ter vergonha de ser quem realmente somos".

No dia a dia Mellany é Yuri Diogo, que há anos trabalha no mercado da beleza. Na hora de se transformar conta apoio dos amigos e, especialmente, da família que sempre esteve ao seu lado. "Me assumi com 13 anos e minha mãe sempre me apoiou. Ela é a minha guerreira e minha inspiração".

A vida como transformista surgiu quando a mãe o levou pela primeira vez em uma boate LGBT da cidade. "Ela é uma super mente aberta. Quando me levou na boate foi quando eu conheci esse mundo e até pegava as roupas dela emprestada. Hoje, em cada concurso, ela e as minhas irmãs estão sempre ao meu lado e torcendo por mim".

O carinho e a apoio da família é o que fortalece na confiança para encarar a passarela. "Só de estar ali é um grande sonho e com a família ao lado, a gente se sente mais forte. É claro que a expectativa nos deixa nervoso, mas lá em cima, tudo que a gente pensa é que está fazendo a coisa certa".

Nas redes sociais Mellany mostra a super transformação.Nas redes sociais Mellany mostra a super transformação.
Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 15 de Dezembro de 2018
Sexta, 14 de Dezembro de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
06:57
Cassilândia
Quinta, 13 de Dezembro de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)