Cassilândia, Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

16/04/2005 07:39

Campo Grande vai participar do ProJovem

ABr

Na segunda-feira (18), o governo federal e as prefeituras de dez capitais brasileiras – Boa Vista (RR), Porto Velho (RO), Florianópolis (SC), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Recife (PE), Salvador (BA), Fortaleza (CE), Campo Grande (MS) e Porto Alegre (RS) – formalizarão acordos de cooperação técnica para a execução em parceria, a partir de junho, da primeira etapa do Programa Nacional de Inclusão de Jovens (ProJovem).

Nessa etapa, segundo a assessoria de Imprensa do Ministério do Desenvolvimento Social, serão atendidos 14.400 jovens em cursos ministrados por 480 professores, 96 educadores profissionais, 14 assistentes sociais e 48 gestores a serem designados pelas prefeituras e pagos com recursos da União. Nas cidades de Boa Vista, Porto Velho e Florianópolis o programa começará atendendo todo o público-alvo previsto, enquanto nas outras sete capitais foi estabelecido o atendimento inicial a 1200 jovens em cada uma.

O programa se destina a jovens de 18 a 24 anos de idade, que terminaram a 4ª série mas não concluíram o ensino fundamental e que não têm contrato formal de trabalho. A segunda etapa deverá começar no segundo semestre e, até o final do ano, o ProJovem será implantado em todas as capitais e no distrito federal, beneficiando 200 mil jovens.

O acordo proposto pela Secretaria-Geral da Presidência da República às prefeituras prevê que caberá ao governo federal fornecer o material didático (manuais, guias de alunos e de professores), computadores, impressoras e equipamentos de multimídia e o pagamento do auxílio financeiro de R$ 100 para cada aluno matriculado, além do repasse de recursos para a remuneração de professores e pagamento de lanches diários para os alunos. Aos municípios, caberá fornecer o espaço físico para todas as atividades, material de consumo e livros.

O ProJovem foi instituído pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva no dia 1º de fevereiro, por meio da Medida Provisória 238. A coordenação é da Secretaria-Geral da Presidência da República e o orçamento para 2005 é de R$ 311 milhões.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 22 de Setembro de 2017
Quinta, 21 de Setembro de 2017
10:00
Receita do dia
06:20
Libertadores da América
Quarta, 20 de Setembro de 2017
21:22
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)