Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

07/03/2007 20:42

Câmara aprova mudanças no funcionamento do Juri

Iolando Lourenço/ABr

Brasília - A Câmara aprovou hoje (7) novas regras e competências para o funcionamento do Tribunal do Júri. A proposta, do Executivo, visa, segundo seu relator deputado Flávio Dino (PCdoB-MA), dar celeridade aos julgamentos, além de atualizar uma lei que tem 65 anos de existência (Código de Processo Penal). O projeto segue para votação do Senado.

De acordo com a proposta, fica reduzido o número de audiências para produção de provas de três para uma; simplifica as perguntas feitas aos jurados, além de reduzi-las de oito a dez para apenas três: se houve o fato; se há autoria e se a pessoa acusada é ou não culpada. Segundo o relator, a simplificação das perguntas aos jurados vai tornar o julgamento mais claro e evitar anulações posteriores.

Outra novidade é o fim do recurso chamado “protesto por novo júri”, utilizado quando os juízes condenam o acusado a penas superiores a 20 anos. "Hoje, a defesa pode pedir novo júri após o julgamento". O projeto aprovado também admite a possibilidade de o juiz, em havendo condenação, determinar imediata prisão do condenado. "Hoje muitos condenados saem livres do julgamento em que foram julgados culpados", disse Flávio Dino.

"O projeto aprovado vai na direção correta para redução de formalidades, de recursos, de audiências, portanto dá agilidade e certeza na aplicação da lei penal", garantiu o relator.

Segundo o deputado Flávio Dino, com as novas regras aprovadas pelos deputados, se o juiz entender que há motivos para o processo ser levado ao Tribunal do Júri após uma única audiência, ele poderá mandar o réu a julgamento pelo júri.

Outra mudança importante é a que permite o julgamento mesmo que o acusado não compareça. "Hoje, se o acusado não comparece, o julgamento é adiado. O acusado não terá mais direito a esse recurso de não comparecer ao julgamento para ganhar prazos", explicou.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)