Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

12/07/2006 09:15

Caixa paga créditos do FGTS dos planos Collor 1 e Verão

Alana Gandra

Os trabalhadores que têm créditos complementares do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) referentes aos planos econômicos Verão e Collor 1, de janeiro de 1989 e abril de 1990, respectivamente, já começaram a receber as parcelas pagas pela Caixa Econômica Federal.

A nova etapa de pagamentos inclui a sétima e última parcela do crédito suplementar do FGTS para as pessoas com direito a valores entre R$ 5 mil e R$ 8 mil e a sexta e penúltima parcela para quem tem direito a receber mais de R$ 8 mil. A partir de janeiro de 2007 será paga a última parcela para os trabalhadores que têm a receber valores acima de R$ 8 mil. Com isso, a Caixa estará concluindo o cronograma de pagamento dos créditos complementares do FGTS. Segundo a Caixa, todos os valores inferiores a R$ 5 mil já foram pagos.

O superintendente regional da Caixa no Rio de Janeiro, José Domingos Vargas, lembrou que o pagamento é objeto da Lei nº 110, de 2001, e prevê a correção do Fundo nos percentuais de 16,64% (Plano Verão) e 44,8% (Plano Collor 1). “Isso gerou um acordo e as pessoas tiveram até 30 de dezembro de 2003 para fazerem a adesão aos créditos complementares”.

“Neste momento, nós estamos falando de valores a creditar da ordem de R$ 900 milhões em 647 mil contas do Fundo de Garantia”, disse José Domingos Vargas. Ele informou que só no Estado do Rio de Janeiro o pagamento do resíduo dos planos econômicos no FGTS totaliza 64 mil contas, mobilizando recursos de quase R$ 100 milhões.

Segundo dados fornecidos pela assessoria de imprensa da Caixa, desde o início do processo de pagamento do resíduo do FGTS em 2002, a instituição já pagou mais de R$ 36 bilhões. A meta é alcançar até o final do calendário de pagamentos algo em torno de R$ 40 bilhões em recursos transferidos aos trabalhadores.

Vargas disse que todos os trabalhadores que tinham conta do FGTS em janeiro de 1989 e abril de 1990 têm direito a receber a correção. Os trabalhadores regulares, ou seja, que continuam empregadas, terão o dinheiro referente ao expurgo dos planos econômicos no FGTS creditado em suas contas do Fundo. As demais pessoas só poderão sacar se estiverem dentro dos critérios da conta vinculada, em situações como aposentadoria, demissão sem justa causa, falecimento do titular da conta, doenças graves como câncer e aids, entre outras, além de maiores de 70 anos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)