Cassilândia, Terça-feira, 22 de Setembro de 2020

Últimas Notícias

18/09/2003 17:21

Brasil não quer mais agir de forma subalterna, diz Lula

Agência Brasil

O Brasil não quer mais agir de forma "subalterna"; quer ser tratado de igual para igual em sua política externa nas negociações com os países desenvolvidos. A afirmação foi feita pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que, em discurso aos novos diplomatas, disse que "não existe na face da terra nenhum interlocutor que respeito o outro, se um deles estiver de cabeça baixa, se um deles agir de forma subalterna".

Segundo Lula, o Brasil respeita em suas negociações países de tamanhos e economias distintas, como o Paraguai e os Estados Unidos, e exige também ser tratado em "igualdade de condições". Na opinião de Lula, o tratamento, às vezes "inferior" dado ao país no cenário internacional, é resultado da falta de importância que, muitas vezes, o próprio Brasil se concedeu.

Ele aproveitou a cerimônia no Palácio do Itamaraty para dar um claro recado aos países ricos: "Não aceitamos mais participar de política internacional como se fôssemos os coitadinhos da América Latina, um paisinho do Terceiro Mundo, um paisinho que tem criança de rua, um paisinho que só sabe jogar futebol e pular carnaval. Este país tem muito mais do que isto", enfatizou.

Lula citou o exemplo da reunião da Organização Mundial do Comércio (OMC), realizada na semana passada em Cancún, no México. Segundo ele, a postura "firme e objetiva" que o país manteve no encontro demonstra que o Brasil "dispõe de uma capacidade de articulação talvez única, que nos permite lutar por nossos interesses, somando forças com clareza e objetivos, e sem confrontações". O Brasil, mesmo diante da pressão dos países desenvolvidos, manteve de maneira enfática a defesa do fim das barreiras agrícolas impostas ao país.

O presidente parabenizou os formandos do Instituto Rio Branco por terem escolhido o brasileiro Sérgio Vieira de Mello, morto em atentado ao escritório da ONU no Iraque, como patrono da turma. Segundo o presidente, Vieira de Mello soube aliar a força da razão com o engajamento em favor dos mais vulneráveis. E deixou uma mensagem aos novos diplomatas: que eles serão muito mais cobrados porque o Brasil, hoje, cresceu no conceito internacional. "A partir do que aconteceu em Cancún, vocês vão perceber que serão olhados com muito mais interesse, mas, ao mesmo tempo, com muito mais cobrança, pelos nossos interlocutores de outros países, do que nós fomos até agora".

Na opinião de Lula, os novos diplomatas devem se "espelhar" no exemplo do chanceler Celso Amorim quando tiverem dúvidas sobre a carreira escolhida. O presidente aproveitou a cerimônia de formatura para fazer um brinde à "competência" que Celso Amorim tem demonstrado à frente do Ministério das Relações Exteriores.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 22 de Setembro de 2020
Segunda, 21 de Setembro de 2020
11:00
Corrida/Nutrição/Fitness
09:00
Santo do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)