Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/05/2005 07:20

Brasil e Jamaica acertam cooperação

Nelson Motta/ABr

O Brasil e a Jamaica firmaram ontem protocolo de intenções para cooperação técnica na área de açúcar e etanol. Conforme o protocolo, os dois países vão prestar cooperação mútua para o desenvolvimento do setor sucroalcooleiro, visando modernizar a produção do açúcar e do etanol em território jamaicano.

Outro memorando de entendimento, assinado entre a Petrobras e a Pretoleum Corporation of Jamaica, prevê que ambas as empresas realizem esforços conjuntos para implementação de estudos técnicos, comerciais, tarifários e fiscais, com vistas à pesquisa, e investimento e desenvolvimento de projetos para a exploração de petróleo e gás, bem como de outras fontes de energia.

No setor da agricultura, foi assinado um acordo, em que o Brasil, por intermédio da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), se dispõe a ajudar a Jamaica, na produção de frutas tropicais, entre elas, laranja, tangerina, mandioca, banana e coco e na horticultura.

Na principal Universidade da Jamaica, West Indies, o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, depois de conversar com os universitários, anunciou a intenção brasileira de introduzir no currículo desta universidade o estudo da língua portuguesa. O objetivo do governo brasileiro, segundo o ministro, é que os a cultura brasileira possa ser mais conhecida na região.

O acordo na área da saúde, que previa uma troca de experiências sobre anemia falciforme, não foi assinado. O Brasil quer absorver o conhecimento jamaicano sobre a doença, que atinge principalmente a raça negra. No Brasil, segundo técnicos de saúde que fazem parte da comitiva em visita à Jamaica, cerca de 4% da população negra sofre de anemia falciforme. Segundo o diretor do Departamento das Américas do Norte, Central e do Caribe do Ministério das Relações Exteriores, Marcelo Leonardo Vasconcelos, o acordo não foi assinado porque o Ministério da Saúde da Jamaica pediu mais tempo para "analisar o que realmente o Brasil quer".


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)