Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

22/03/2013 17:27

Bebê prematuro foi levado para lavanderia do HU por "descuido"

Campo Grande News/ Nadyenka Castro

Descuido e engano. Esta é a explicação para o fato do corpo de um recém-nascido ir parar na lavanderia do HU (Hospital Universitário), em Campo Grande. O caso revoltou funcionários porque tentou ser "abafado" pela empresa responsável pela unidade na instituição.

De acordo com o delegado Fernando Nogueira, presidente da Comissão de Segurança da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e professor na instituição, o funcionário do necrotério não viu que havia o corpo de um bebê em meio a roupas de cama e mandou os lençóis para lavar. “Não houve crime”, afirma.

O delegado explica que o bebê havia nascido prematuro, foi para incubadora, mas, não resistiu e morreu. O corpo foi enrolado nos lençóis e levado para o necrotério. Funcionários não viram e mandaram as roupas de cama para a lavanderia.

Trabalhadores empresa Clean Lavanderia Hospitalar, terceirizada que presta serviços ao HU, encontraram o recém-nascido na noite de terça-feira e devolveram à unidade de saúde. Conforme Fernando Nogueira, o bebê foi devolvido à família e já está sepultado.

Uma Comissão de Sindicância do hospital irá apurar o caso.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)