Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

09/07/2005 07:17

Bastos vai investigar ''com rigor'' prisão de assessor

Ana Paula Marra/ABr

O ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, disse , no Palácio do Planalto, que as circunstâncias em que foi preso José Adalberto Vieira da Silva, assessor parlamentar do deputado estadual cearense José Nobre Guimarães (PT), serão investigadas "com rigor".

José Adalberto foi detido na manhã de ontem no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, no momento em que passava pela máquina de raio-x. Ele levava R$ 200 mil em uma bolsa e, junto ao corpo, US$ 100 mil não declarados. Por lei, não é permitido viajar com mais de R$ 10 mil sem declarar o porte do dinheiro à Receita Federal. Ele depôs na Superintendência da Polícia Federal em São Paulo, que informou que o assessor será processado por crime contra o sistema financeiro e contra a ordem tributária.

O deputado José Nobre Guimarães é irmão do presidente nacional do PT, José Genoino, e membro do diretório nacional do PT, além de líder da bancada do partido na Assembléia Legislativa do Ceará.

Thomaz Bastos contou que relatou o caso ao presidente Lula, que o chamou à tarde ao Palácio do Planalto. No encontro, destacou o ministro, foi reiterada a determinação de que todos os fatos ilegais têm de ser apurados "amplamente e profundamente". E acrescentou: "Não perseguimos amigos, não protegemos amigos e não perseguimos inimigos".

O ministro informou que tudo será apurado: "De onde veio e para onde ia o dinheiro e todas as questões que rodeiam este caso. É um fato sério, grave, que precisa ser apurado". E reiterou que a Polícia Federal está fazendo um trabalho sério de investigação em todos os setores.

O deputado estadual José Nobre Guimarães disse estar "surpreso" e ressaltou que seu assessor político "nunca mexeu com finanças [no gabinete]". Disse ainda não ter conhecimento de que José Adalberto Vieira da Silva estava em São Paulo: "Estou fora do Ceará desde segunda-feira (4). Falei com ele na quarta-feira (6) sobre minha agenda no interior do estado e estou tomando conhecimento pela imprensa desse fato, que está cheirando muito mal".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)