Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

26/09/2008 07:23

Bancários do DF rejeitam proposta e podem parar

Lourenço Canuto/ABr

Os bancários do Distrito Federal rejeitaram, em assembléia realizada na noite de ontem (25), proposta feita anteontem (24) pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) para reajustar em 7,5% os salários e de outras vantagens, a partir deste mês, data-base da categoria.

A assembléia, organizada pelo Sindicato dos Bancários do DF, decidiu pela realização de paralisações parciais em agências da Caixa Econômica Federal hoje (26/9) e na segunda-feira (29) em agências do Banco do Brasil. Também na segunda, a categoria deve realizar nova assembléia, às 19h, no Setor Bancário Sul, com indicativo de greve para terça-feira (30).

Não está descartada a realização de paralisações setoriais em outros bancos, como Bradesco, Itaú, BRB e Unibanco, a critério de decisões dos representantes sindicais nessas instituições bancárias .

Ao rejeitar a proposta da Fenaban, os bancários alegaram que o percentual não atende às suas aspirações, uma vez que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) dos últimos 12 meses ficou em 5,15%.

Enquanto isso, segundo os bancários, o setor de intermediação financeira e de seguros cresceu 12,5% no período, mais que o dobro do aumento do Produto Interno Bruto Nacional (6,1%).

A categoria quer aumento real, valorização dos pisos salariais e melhorias no vale-alimentação. Por isso os bancários reivindicam reajuste real de 5%, acima dos 7,15% do INPC, cesta-alimentação equivalente ao salário mínimo (R$ 415,00) e contratação da remuneração total no valor nominal de salários.

Outra reivindicação que será apresentada aos banqueiros até segunda-feira é de implantação de Plano de Cargos e Salários para os empregados de todos os bancos, com 1% de reajuste a cada ano de trabalho, que será dobrado a cada cinco anos (2%), obrigando-se as instituições bancárias a fazer promoções pelo menos em um nível a cada cinco anos.

Os bancários do BB e da CEF querem isonomia salarial entre os novos e antigos funcionários e melhoras nos planos de saúde. No Banco do Brasil, eles querem plano odontológico feito pela Cassi (o plano de saúde dos servidores do BB) e não terceirizado, e a quebra do voto de minerva existente no BB Previ (Previdência Privada dos funcionários), "que permite à diretoria tomar decisões à revelia dos segurados".

No Banco de Brasília o Sindicato dos Bancários quer assegurar maiores direitos e garantias para os funcionários. Algumas agências do BRB poderão ter paralisações parciais até segunda-feira.




Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)