Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

02/08/2011 19:36

Bancada cobra de Ideli Salvatti liberação de restos a pagar

Edmir Conceição, Campo Grande News

Deputados e senadores de Mato Grosso do Sul se reuniram na tarde desta terça-feira, 2, com a ministra Ideli Salvatti, da Secretaria de Relações Institucionais. A bancada de Mato Grosso do Sul apresentou os projetos inscritos em restos a pagar, que estão paralisados por falta de liberação dos ministérios.

Na audiência também foi discutida a demora da nomeação do corpo técnico da Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco). “Mesmo criada, a Sudeco não está analisando os processos por falta de pessoal nomeado. Desta forma, mais de mil processos estão parados”, explicou o deputado Geraldo Resende (PMDB), coordenador da bancada.

A preocupação dos parlamentares é com a possibilidade de cancelamento de recursos inscritos no Orçamento Geral da União (OGU) no ano de 2009 e ainda não processados. O decreto presidencial 7.468 estabelece o dia 30 de setembro como última data para processar esses recursos, e evitar o cancelamento sumário.

No total de restos a pagar de processos inscritos no OGU entre os exercícios de 2008 e 2009, só de valores viabilizados pelo deputado Geraldo Resende, são quase R$ 20 milhões em investimentos, na maioria em infraestrutura.

Outra solicitação foi a liberação de recursos empenhados para os municípios de Bataguassu e Santa Rita do Pardo, cidades fortemente atingidas pelas chuvas do começo do ano. “Essas cidades são as únicas que ainda não receberam o valor prometido para recuperar os estragos dos temporais. É uma reivindicação do Governador André Puccinelli”, lembrou Geraldo.

Estavam presentes na audiência, além de Geraldo, os deputados Fábio Trad (PMDB), Luiz Henrique Mandetta (DEM), Edson Girotto (PR), Reinaldo Azambuja (PSDB), Antônio Carlos Biffi (PT) e o senador Antônio Russo (PR). Os senadores Delcídio do Amaral (PT) e Waldemir Moka (PMDB) enviaram representantes.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)