Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/10/2014 19:14

Avião fez pouso de emergência, mas morte foi constatada no voo

Campo Grande News

O passageiro do voo 8067 da TAM, proveniente de Lima, Capital do Peru, com destino a Guarulhos (SP), morreu antes da aeronave fazer pouso de emergência no Aeroporto Internacional de Campo Grande. Bombeiros e uma viatura avançada do Samu (Serviço Móvel de Atendimento de Urgência) foram acionados para socorrê-lo, apesar de o passageiro estar morto a um hora.

“Uma médica, passageira do mesmo voo, se disponibilizou e fez o atendimento de urgência ainda durante a viagem. Ela constatou o óbito uma hora antes de o avião pousar em Campo Grande”, revelou o coordenador do Samu, Eduardo Cury.

O procedimento revoltou o médico. “Temos três unidades avançadas na Capital e a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) nos fez deslocar uma sem necessidade", opinou. "A médica constatou o óbito durante o voo não precisava nos chamar para socorrer, fomos até lá só para constatar algo que já havia sido constatado”, completou Cury.

A atitude, inclusive, deve gerar uma denúncia ao MPF (Ministério Público Federal). “Vou fazer uma representação no MPF. Estou cansado, porque a nossa Infraero é terrível, enquanto não morrer alguém na saguão do aeroporto e gerar comoção não vão fazer nada”, desabafou.

Segundo o coordenador do Samu, esse não é o primeiro caso de desleixo no local. “Foi mais um erro gravíssimo, nosso aeroporto precisa ter UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) móvel à disposição”, cobrou. “Hoje ficamos parados nos portões mais de seis minutos para entrar na pista”, completou para criticar outro procedimento.

Cury revelou ainda que o passageiro era colombiano e teve parada cardíaca. Segundo informações extraoficiais, ele teria 42 anos. A Infraero ainda não se manifestou sobre o caso. Eles aguardam o posicionamento da TAM.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)