Cassilândia, Domingo, 20 de Outubro de 2019

Últimas Notícias

14/10/2014 19:14

Avião fez pouso de emergência, mas morte foi constatada no voo

Campo Grande News

O passageiro do voo 8067 da TAM, proveniente de Lima, Capital do Peru, com destino a Guarulhos (SP), morreu antes da aeronave fazer pouso de emergência no Aeroporto Internacional de Campo Grande. Bombeiros e uma viatura avançada do Samu (Serviço Móvel de Atendimento de Urgência) foram acionados para socorrê-lo, apesar de o passageiro estar morto a um hora.

“Uma médica, passageira do mesmo voo, se disponibilizou e fez o atendimento de urgência ainda durante a viagem. Ela constatou o óbito uma hora antes de o avião pousar em Campo Grande”, revelou o coordenador do Samu, Eduardo Cury.

O procedimento revoltou o médico. “Temos três unidades avançadas na Capital e a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) nos fez deslocar uma sem necessidade", opinou. "A médica constatou o óbito durante o voo não precisava nos chamar para socorrer, fomos até lá só para constatar algo que já havia sido constatado”, completou Cury.

A atitude, inclusive, deve gerar uma denúncia ao MPF (Ministério Público Federal). “Vou fazer uma representação no MPF. Estou cansado, porque a nossa Infraero é terrível, enquanto não morrer alguém na saguão do aeroporto e gerar comoção não vão fazer nada”, desabafou.

Segundo o coordenador do Samu, esse não é o primeiro caso de desleixo no local. “Foi mais um erro gravíssimo, nosso aeroporto precisa ter UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) móvel à disposição”, cobrou. “Hoje ficamos parados nos portões mais de seis minutos para entrar na pista”, completou para criticar outro procedimento.

Cury revelou ainda que o passageiro era colombiano e teve parada cardíaca. Segundo informações extraoficiais, ele teria 42 anos. A Infraero ainda não se manifestou sobre o caso. Eles aguardam o posicionamento da TAM.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 20 de Outubro de 2019
Sábado, 19 de Outubro de 2019
17:41
Cassilândia
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
Sexta, 18 de Outubro de 2019
09:00
Santo do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)