Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

29/01/2005 08:19

Assomasul diz que indíces do ICMS precisam de revisão

Jacqueline Lopes / Campo Grande News

O presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), prefeito de Costa Rica, Waldeli dos Santos Rosa, disse que precisam ser revistos os índices de repasse dos 25% do bolo estadual do ICMS para as cidades. Hoje, o total que chega aos cofres das 78 cidades, 75% incide sobre a riqueza dos municípios, ou seja, os mais ricos abocanham a maior parte do recurso.
São 7% rateados de forma igualitária e 3% para os que apresentam melhor arrecadação. Ficam 5% para maior área territorial, outros 5% para as cidades com maior número de eleitores e mais 5% para as que têm maior reservas ambientais – ICMS Ecológico.
Para Rosa, precisam ser aumentados os 7% do rateio e os 3% dos que apresentam maior arrecadação. “Para isso, precisam ser revistos os outros índices e a forma de distribuição”.
Segundo o presidente da Assomassul, os municípios agrícolas levam vantagem sobre os que têm a pecuária como a principal atividade, na hora da divisão do bolo. “A lavoura representa mais recolhimento de imposto do que a pecuária”, exemplifica citando Chapadão do Sul, São Gabriel e Maracaju como os “mais ricos” no que diz respeito a agropecuária.
O governador Zeca do PT anunciou que vai propor a Assomasul debate sobre a distribuição do ICMS, da parte destinada aos municípios. O critério usado hoje, segundo ele, deve ser alterado para que as pequenas cidades tenham mais dinheiro.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)