Cassilândia, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

19/08/2005 09:34

Assembléia aprova projeto do Poder Judiciário

Os deputados realizaram, nesta quarta-feira (17), sessão extraordinária para votar e aprovar, por unanimidade, o projeto de lei nº 134/05, que altera e acrescenta dispositivos à lei nº 1.511/94, referente ao calendário dos recessos e férias do Poder Judiciário. Na prática, isso significa que ocorrerão mudanças no Código de Organização e Divisão Judiciárias (CODJ), formulado para normatizar procedimentos do Judiciário, de acordo com as leis vigentes.

Consta da fundamentação do projeto que, com a promulgação da Emenda Constitucional nº 45, chamada Reforma do Judiciário, em dezembro de 2004, as férias forenses que ocorriam em janeiro e julho para 1º e 2º graus de jurisdição foram extintas. Os magistrados passaram então a gozar férias de forma individual, mantidos os sessenta dias, e essas mudanças exigem imediata adaptação do CODJ.

Com a extinção das férias coletivas, houve necessidade de modificação dos artigos nº 257 e º 260, disciplinando as férias dos magistrados, segundo escala a ser elaborada pelo Conselho Superior da Magistratura ou resolução do Tribunal Pleno. Pelo projeto de lei, entre outras alterações, muda também o artigo nº 268 que passa a vigorar com a seguinte redação:

“É considerado feriado na Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul o período compreendido entre os dias 20 de dezembro a 06 de janeiro, inclusive; os domingos; os dias de festa nacional e ainda os que forem especialmente decretados.
§1º. Durante os feriados mencionados neste artigo não serão praticados atos forenses, exceto a citação para evitar o perecimento de direito (...)”

Promulgado em lei, o referido artigo iguala o Judiciário estadual à legislação federal que atribui feriado no mesmo período à Justiça Federal e para a Justiça do Trabalho. O artigo nº 28 do CODJ está sendo revogado porque não há mais Turmas Especiais. Da mesma forma, não há mais razão para a manutenção do art. nº 259 pois os membros da administração do TJMS, a exemplo dos magistrados, gozarão férias individuais.

Autoria do texto:

Marília Capellini

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)