Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

03/04/2012 17:10

Artigo: História de vida comum

Terezinha Tagliaferro, de Malta

Artigo: Historia de vida comum



Em 2006, em contato com minhas ex-colegas de escola, um belo dia recebi uma grande surpresa: o endereço eletronico de uma ex-religiosa do meu convento que a conhecia muito bem.Nao nos viamos da 38 anos.Me apressei em escrever pra ela,pra saber como estava, o que havia acontecido durante todo este periodo e também queria saber o motivo pelo qual ela também havia abandonado a vida religiosa.Enfins: tinhamos de colocar o noticiario de 38 anos em ordem.Pra ela também foi uma grande alegria me reencontrar.Nesse meio de tempo ela havia se casado, tinha ja um casal de filhos moços, um formado em advocacia e a moça em psciologia, sendo que minha amiga tmbém se formou advogada apos ter saido do convento.

Sendo assim, em 2007, quando fui ao Brasil, entramos em contato.Ela queria que eu ficasse hospedada na casa dela algum tempo pra conversarmos um pouco, mas nao deu certo porque meu primo e sua esposa me esperavam no aeroporto de S.Paulo e me levariam pra casa deles, em Curitiba.Entao, essa minha amiga com sua filha foram até o aeroporto pra minha chegada.Foi até emocionante.Fui recebida com flores e chocolates....Foi uma festa.Mesmo apos tantos anos eu a reconheci rapidamente.Acabamos por sentar todos num café do aeroporto, ali recordamos o nosso tempo e rimos demais relembrando as nossas “ artes”.

Foi entao que fiquei sabendo que seu filho ja havia vindo pra Inglaterra por algum tempo, mas por nao haver documentaçao em ordem foi obrigado a retornar ao Brasil.Como sao descendentes de Italianos, estava lutando pra conseguir a cidadania Italiana e nao estavam conseguindo.

Durante o periodo que ele esteve na Inglaterra,fez uma grande amizade com um rapaz também brasileiro, cuja familia morava em Belém do Para.Me parece que o rapaz tinha apenas pai, a mae havia falecido.

Esse rapaz, por sua vez namorava uma espanhola que também estava na Inglaterra por algum tempo.Em 2008, o rapaz veio com a namorada para o Brasil e decidiu ficar hospedado na casa da minha amiga.Em S.Paulo ficaria mais facil pra eles organizarem toda a documentaçao necessaria e se casarem.E assim foi feito.Foi um casamento simples, sendo padrinhos minha amiga e seu marido.

A familia da moça que morava na Espanha enviou dinheiro pra filha, dando-lhes como presente a lua-de – mel nas Ilhas Canarias.Entao, eles partiram de S.Paulo pra Espanha, onde deveriam pegar o aviao que os levaria a Ilhas Canarias.

Infelizmente, nos fazemos nossos planos, inconscientes do nosso verdadeiro destino.Esse bendito aviao, levantou voo e caiu minutos apos, matando todos os passageiros.

O governo Espanhol ficou mesmo muito chocado com esse acidente e foram convidados todos os parentes das vitimas para uma cerimonia.Como no endereço do casal constava o da casa da minha amiga, eles foram que receberam o convite.Eles avisaram o pai do moço que nao aceitou ir e acabou indo o casal de filhos da minha amiga.

Apos a cerimonia na Espanha eles partiram pra Italia e ali ficaram pra fazer residencia por algum tempo a fim de conseguirem a Cidadania Italian.Lutaram muito, comeram o pao que o diabo amassou, mas conseguiram.Logo apos partiram pra Inglaterra,onde fixaram residencia.Um ano apos foi também pra la o noivo da moça.

Pra completar a historia, em outubro do ano passado veio também a minha amiga, sabem pra que? Cuidar da filha, pois o neto estava pra chegar.Nasceu o garotao no inicio de dezembro, linda criança.So este mes minha amiga retornou a casa dela e retornou com toda aquela preocupaçao de avo e de mae, deixando aqui um pedaço do coraçao.

Mas esta é a vida, cada um na sua luta,vivendo a sua realidade.

Refletindo sobre tudo isto, aquilo que posso concluir, é que todos tem seus problemas.

A maioria das vezes as pessoas nos enganam com suas aparencias porque cada um so mostra aquilo que é belo, que é interessante, e nos pensamos : Poxa vida! Sera que sou eu que nao tenho sorte? Muitas vezes nos sentimos falidos.Depois, com o passar dos tempos, conhecendo a realidade dos outros, vamos descobrir que a coisa nao era bem assim.Aqui se aplica o ditado: “ Nem tudo o que reluz é ouro”.

Portanto, seja feliz com voce mesma, com seus altos e seus baixos.Nao se compare a ninguém.Voce é voce e nao existe ninguém igual a voce.

Lembram do Chico Anisio: “ que nem eu, so eu mesmo....” .Pura realidade.

Boa Pascoa a todos.







Terezinha de Jesus Tagliaferro

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)