Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/10/2005 11:01

Arroba do boi sobe 12%,mas ainda é menor que em 2004

Fernanda Mathias/Campo Grande News

O preço pago pelos frigoríficos de Mato Grosso do Sul pela arroba bovina com prazo de 30 dias saiu da casa dos R$ 48,00 e já está em R$ 54,00 chegando a R$ 55,00, evolução ocorrida nas últimas duas semanas, segundo o presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), Laucídio Coelho Neto.

No pagamento a vista os frigoríficos descontam 5%, por isso muitos produtores estão preferindo adiantar o valor com créditos bancários a juros menores. Segundo Laucídio, os preços que estão sendo pagos hoje pelos frigoríficos dão “algum alento” mas passam longe dos valores do mesmo período de 2004, de R$ 61,00 a arroba.

A reação de valores se deve ao efeito retardado do período de entressafra, combinado com a estiagem. Hoje os frigoríficos operam com escala de 4 a 5 dias (intervalo de tempo entre a compra e o abate do animal) quando há 15 dias estavam com escalas longas, de 12 a 15 dias. “Estamos na expectativa de que os preços voltem pelo menos aos mesmos patamares do ano passado”, afirma Laucídio.

O diretor da Bolsa Brasileira de Mercadorias em Mato Grosso do Sul, Carlos Duppas, afirma que a situação se reverteu e o produtor ganha força com a vinda das chuvas, podendo segurar mais os animais no pasto. “O momento é crítico ao frigorífico. A tendência é de o preço se manter ou sofrer alguma elevação. Agora é jogo de braço entre o frigorífico e o produtor”, afirma.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)