Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

19/07/2005 16:50

Arrecadação de junho cresce mais de 13%

Stênio Ribeiro / ABr

A arrecadação de impostos federais cresceu 16,56% no mês de junho, em relação a maio. Sem considerar a arrecadação da Previdência Social, entraram R$ 31,582 bilhões nos cofres públicos, em junho, elevando o total do semestre para R$ 175,727 bilhões.

Na comparação com junho do ano passado, quando foram arrecadados R$ 26,566 bilhões, o aumento foi superior a R$ 5 bilhões e o crescimento nominal foi de 18,88%, caindo para 10,83% quando se desconta a inflação do período. Considerando apenas as arrecadações administradas pela Receita Federal, a evolução real no ano foi ainda maior: de 13,81%.

O fator que mais contribuiu para o aumento da arrecadação foi o recolhimento semestral do Imposto de Renda sobre rendimentos de capital, que somou R$ 4,474 bilhões, contra registro de R$ 1,022 bilhão em maio. Uma variação, portanto, de 338%. Os números foram divulgados hoje (19) pelo secretário-adjunto da Receita, Ricardo Pinheiro

O relatório de Análise de Arrecadação das Receitas Federais destaca, ainda, a ocorrência de cinco semanas de fatos geradores em junho, contra quatro semanas em maio, o que explica em parte o desempenho da arrecadação dos tributos com apuração semanal, visto que nos demais impostos o comportamento foi normal.

Daí os aumentos de 10,19% do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), de 13,98% na Contribuição sobre Movimentação Financeira (CPMF) e de 8,27% na tributação sobre rendimentos do trabalho, além do crescimento de 38,88% no recolhimento do imposto de renda sobre outros movimentos, conforme ressaltou Ricardo Pinheiro.

A perda de arrecadação mais significativa no mês de junho, em relação a maio, aconteceu no Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), que teve queda de R$ 2,169 bilhões para R$ 1,962 bilhão, por causa das menores vendas de fumo, bebidas e automóveis. Mas, no acumulado do semestre, o aumento foi de 17,55%.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)