Cassilândia, Sexta-feira, 28 de Julho de 2017

Últimas Notícias

08/02/2006 17:06

Argentina detecta foco de aftosa na Tríplice Fronteira

Humberto Marques/Campo Grande News

O governo argentino anunciou hoje a descoberta de um foco de febre aftosa em uma fazenda na cidade de San Luís del Almar, na província de Corrientes – região da Tríplice Fronteira entre Argentina, Brasil e Paraguai. Cerca de 70 animais deverão ser sacrificados nas próximas horas, na tentativa de se impedir a propagação da doença. O território argentino, segundo a BBC Brasil, era considerado pela OIE (Organização Internacional de Epizootias) como área livre da aftosa com vacinação.

O caso foi registrado após a conclusão dos trabalhos de sacrifício sanitário na região sul de Mato Grosso do Sul, onde foram contabilizados 28 focos de febre aftosa – entre setembro e dezembro de 2005. Além disso, a doença também foi encontrada em uma fazenda do Paraná. Por conta da presença da aftosa, mercados internacionais suspenderam a compra de carnes desses dois Estados e de São Paulo. Recentemente, uma missão da União Européia esteve nas regiões, avaliando a eficácia das ações de combate à doença.

O temor dos produtores argentinos é de que as mesmas restrições impostas a produtores brasileiros sejam aplicadas àquele país – que também tem a carne como um dos principais produtos de exportação.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 28 de Julho de 2017
Quinta, 27 de Julho de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 26 de Julho de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)