Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

13/04/2005 09:06

Aprovada MP da Correção do Imposto de Renda

Agência Câmara

O Plenário da Câmaa Federal aprovou nesta terça-feira, por votação simbólica, o projeto de lei de conversão da Medida Provisória 232/04 somente com a correção de 10% dos valores da tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF). O deputado Carlito Merss (PT-SC), que havia apresentado parecer pela rejeição total da medida, acatou as revogações feitas pela Medida Provisória 243/05 quanto aos artigos que tratavam do aumento de outros tributos para compensar a perda de arrecadação com o reajuste do IRPF.
Ao editar a MP 243/05, o Governo explicou que os efeitos da correção das tabelas do IRPF serão analisados na próxima reavaliação bimestral de receitas e despesas e, se não houver compensação com aumento da arrecadação por causa do crescimento da atividade econômica, serão adotadas medidas compensatórias adicionais.
O custo estimado pelo Executivo com a correção dos valores do IRPF é de R$ 300 milhões no ano de 2005 e de R$ 1,4 bilhão ao ano nos exercícios seguintes. Os novos valores do IRPF valem somente para os recolhimentos na fonte feitos a partir de 1º de janeiro de 2005.
A isenção passa a atingir os valores até R$ 1.164. De R$ 1,164,01 até R$ 2.326 haverá tributação de 15% com parcela a deduzir de R$ 174,60. Acima de R$ 2.326, a tributação será de 27,5% e o desconto de R$ 465,35. A parcela isenta do imposto nos rendimentos de aposentadoria e pensão passará a ser R$ 1.164 mensal a partir do mês em que o contribuinte completar 65 anos de idade.

Descontos com dependentes
Na declaração de ajuste anual, os descontos por dependente e das despesas com instrução, consideradas individualmente, foram reajustados para R$ 1.404 e R$ 2.198, respectivamente. O desconto simplificado que o contribuinte poderá optar na declaração para substituir as deduções continua a ser de 20% dos rendimentos, limitado a R$ 10.340. O reajuste dos valores para a declaração de ajuste anual somente terá efeito para a declaração apresentada em 2006, pois ela tratará da renda recebida em 2005.
O texto aprovado incorpora ainda artigo da MP 243/05, que concede prazo de 30 dias, a partir de 31 de março, para a interposição de recurso a um dos Conselhos de Contribuintes para quem foi notificado de decisões administrativas da Receita entre 1º de janeiro e 31 de março. A MP 232 tinha limitado essa possibilidade de recurso à segunda instância administrativa nos processos fiscais.

MPs prejudicadas
O vice-presidente da Câmara, José Thomas Nonô, anunciou, durante a sessão de votação que, em princípio, a Mesa poderá considerar prejudicadas as MPs 240/05 e 243/05 devido à aprovação do projeto de lei de conversão da 232/04. A Medida Provisória 240/05 prorrogava a entrada em vigor dos artigos que tratavam do aumento de tributos, revogados pela Medida Provisória 243/05. O parecer de Carlito Merss incorporou as revogações e a prorrogação de prazos perdeu sentido.

A MP 232/04 foi encaminhada para votação no Senado.



Reportagem - Eduardo Piovesan
Edição - Regina Céli Assumpção

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)