Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

19/11/2008 17:00

Aprovada licença da Unidade de Bioenergia de Costa Rica

Raquel Trevezan

A Brenco – Companhia Brasileira de Energia Renovável – obteve a Licença de Instalação do Instituto de Meio Ambiente do Mato Grosso do Sul (IMASUL) para sua Unidade de Bioenergia, que ficará no município de Costa Rica (MS). No local, serão processadas 3 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por safra, gerando 285 mil m3 de etanol anualmente, além de 1,8 mil empregos diretos.



A Brenco repassará ao IMASUL em torno de R$ 1,2 milhão para implantação e manutenção de Unidades de Conservação Ambientais na região. O início das operações em Costa Rica está previsto para o primeiro semestre de 2011. Além de produzir álcool anidro e álcool hidratado, a Unidade terá potência instalada para co-geração de até 144 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana, destinada ao consumo próprio e à comercialização para terceiros.



A Unidade Costa Rica fará parte do Pólo 2 de produção da Brenco, que terá capacidade de moagem combinada de 10 milhões de toneladas/safra e outras duas unidades previstas em Paranaíba (MS) e Itajá (GO).



Sobre a Brenco

A Brenco está implantando um projeto de escala mundial para a produção de biocombustíveis, destinados aos mercados doméstico e internacional, de modo a fazer face à crescente demanda por energia limpa. Atuando de forma integrada, da produção à comercialização e logística de escoamento do etanol, desenvolve projetos greenfield, dedicados exclusivamente à produção energética, seguindo as melhores práticas em sustentabilidade.



A companhia investirá cerca de R$ 5,5 bilhões até 2015. Serão implantados pólos bioenergéticos com 10 unidades industriais, visando a produção de 3,8 bilhões de litros ( 1 bilhão de galões) de etanol por ano. Estima-se que esse volume represente em torno de 10% da produção nacional e 5% da produção mundial do biocombustível.



Paralelamente, a Brenco irá co-gerar energia elétrica a partir do bagaço da cana, com potencial de geração total de 900 MW, que servirá para consumo próprio (300 MW) e para oferta ao mercado (600 MW). O projeto inclui, ainda, o desenvolvimento de toda a infra-estrutura logística integrada para o escoamento de sua produção e a de terceiros, assim como atividades de comercialização de etanol, contribuindo para abrir novos mercados e incentivando a demanda pelo produto brasileiro.



Até 2015, a Brenco irá gerar mais de 17 mil empregos diretos e aproximadamente 40 mil empregos indiretos nas cidades onde suas operações estão localizadas.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)