Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/04/2016 18:08

Após 0 a 0, Comercial vai à final e gol anulado revolta Corumbaense

Caroline Maldonado e Thiago de Souza, Campo Grande News

Comercial e Corumbaense empataram em 0 a 0, na tarde desse domingo (24), no estádio Jaques da Luz, em Campo Grande. Com o resultado, o Colorado avança à final do Campeonato Estadual de Futebol. Agora, o time da Capital deve jogar com o vencedor da partida Operário e Sete de Dourados, que está prevista para o início desta noite.

No fim do jogo, teve revolta de jogadores do Corumbaense. Inconformados com um gol anulado, eles reclamaram com o árbitro e até a polícia surgiu para impedir agressões. A torcida do Corumbaense, sempre recordista, “invadiu” o estádio. Depois de viajar mais de 400 quilômetros, eles fizeram número semelhante ao da torcida da Capital.

O jogo foi bastante disputado desde seu início, com o Corumbaense no primeiro tempo apostando no contra-ataque. O lateral recebia a bola pela esquerda e chegava com perigo ao gol de Martins, do Comercial.

Aos 30 minutos, o camisa 11 do Corumbaense cobrou uma falta bem próxima ao gol, mas a bola bateu na barreira e saiu para a linha de fundo. O primeiro tempo encerrou com jogo muito disputado e o público de 1.860 torcedores.

No segundo tempo, houve uma expulsão aos 31 minutos. O camisa 10 do Corumbaense deu um carrinho perigoso no lateral direito do Comercial e teve que sair de campo. Nos instantes finais da partida, o jogo ficou mais emocionante, porque o Corumbaense precisava da vitória para se classificar e, por isso, pressionou mais no fim do jogo.

Aos 41 minutos, o time de Corumbá cobrou uma falta perigosa, porém o goleiro Martins fez uma bela defesa e evitou o que poderia classificar o time. O jogo seguiu acirrado e terminou com a classificação do Comercial, que precisava apenas do empate.

Gol anulado - Após o apito final do árbitro, começou um empurra-empurra entre jogadores reservas do Comercial e os do Corumbaense. O clima esquentou também para o árbitro, que foi cercado por jogadores e pelo técnico do time de Corumbá. A polícia teve que intervir para evitar agressões. Eles reclamaram, porque tiveram um gol anulado, pois o árbitro entendeu que o atacante do Corumbaense estava impedido.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)