Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

13/07/2006 16:32

Apenas 18% dos 361 mil presos possuem atividade

Agência Brasil

Além de melhorar a qualidade do ensino no sistema prisional, os ministérios da Justiça e da Educação pretendem aumentar o número de presos que têm acesso ao ensino no país. O diretor do Departamento de Jovens e Adultos da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade do Ministério da Educação (MEC), destaca que a educação é um direito de qualquer cidadão, "seja em liberdade, ou sem liberdade".

No Brasil, dos 361 mil presos, apenas 18% participam de alguma atividade educativa durante o cumprimento da pena, apesar de a Lei de Execução Penal garantir ao preso o direito à educação. Do total da população carcerária, 10% são analfabetos e 70% não terminaram o ensino básico, segundo informações do Ministério da Justiça.

"Precisamos tanto estimular os estados a ampliar o número de vagas em todos os níveis de ensino, como buscar também a qualidade e oferecer uma educação que é pertinente, que diz respeito às demandas e aos interesses dos próprios presos", defendeu Ireland, em entrevista à Agência Brasil.

O diretor ressaltou também a importância da educação para a reinserção social dos presos. "Acreditamos que a educação, de um lado é um direito do cidadão, de outro lado, permite que a pessoa tenha mais escolhas, inclusive, na questão do acesso ao mercado de trabalho", destacou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)