Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

29/11/2013 09:18

Aos 5 anos, menina já se "encarrega" de comprar o presente de Natal com cofrinho

Campo Grande News

Enquanto muitos pais planejam comprar o presente de Natal dos filhos, aos 5 anos Manuela Grossi já se “encarrega” de escolher e comprar o que quiser, graças à educação financeira que recebe em casa e um cofrinho da galinha pintadinha, abarrotado de moedas. Além dela, a irmã de 11 anos fará o mesmo, utilizando as economias para comprar novos livros.

“Antes, nos passeios ao shopping, ela pedia tudo o que via na frente. Algumas vezes comprava, mas percebia que ela jamais iria valorizar tudo o que ganhava. Queria que ela tivesse o gosto da conquista e o cofrinho foi a melhor saída. A ideia partiu da diretora da escola dela, há 1 ano, e já estou colhendo os resultados”, afirma a servidora pública estadual, Christiane Grossi, 43 anos.

A primeira compra ocorreu há alguns meses, de uma bicicleta. “Nós levamos o cofrinho e ela deu todas as moedas. Da primeira vez, pensei que tinha de completar a diferença. Agora, é algo espontâneo, toda vez que compro um pão ou pago contas, colocamos no cofre as moedas”, comenta a mãe.

Sobre a próxima compra, com um sorriso de quem, em breve, irá contar centenas de moedas, Manoela anuncia: “Vou comprar a boneca voadora, meu presente de Natal”. Os brinquedos antigos, como a bicicleta e outros, já foram doados na feira da escola, instituições de caridade e amigos próximos.

Consumo consciente - Christiane lembra que o aprendizado não deve ocorrer só dentro de casa, apenas com pais e irmãos, mas repassado para toda a família. “A maioria dos meus familiares mora em Goiânia e sempre estamos indo lá, então conversei com o pai dela, além da minha mãe e irmã, para frear nos presentes. Não quero associar o pagamento ao bom comportamento, que é algo independente, mas sim do esforço”, diz.

Outra lição na educação das filhas, de acordo com Christiane, é dizer não ao consumismo. “A maioria das crianças já fala em marcas, principalmente por conta das propagandas e da influência dos amigos. Mas, desde que trouxe essa educação mais consciente, minha filha brinca da mesma maneira com massinhas, canetinhas, uma Barbie e os brinquedos que ela faz na escola. São lições que ela levará para a vida toda”, argumenta.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)