Cassilândia, Terça-feira, 30 de Maio de 2017

Últimas Notícias

11/02/2009 13:13

Anvisa registra remédio homeopático contra dengue

Nadyenka Castro, Campo Grande News

Já está registrado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) o Proden, remédio homeopático usado no combate à dengue. O medicamento, registrado no fim do ano passado, já poder ser comercializado nas farmácias do País sem necessidade de receita.

O medicamento, desenvolvido pelo médico e pesquisador da Famerp (Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto) Renan Marino, foi patenteado por um laboratório e é vendido em comprimidos.

O remédio foi alvo de polêmica entre a Prefeitura de São José do Rio Preto e a Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo. Em 2007, cerca de 20 mil doses do medicamento foram dadas a moradores da cidade, que naquele ano viveu uma epidemia da doença.

A iniciativa da prefeitura foi questionada pela Secretaria do Estado da Saúde, que decidiu interditar o produto.

Para o governo estadual, naquela ocasião não havia comprovação científica da eficácia do remédio, a oferta estava sendo feita de forma indiscriminada e o remédio descumpria regras de manuseio e distribuição.

A Secretaria Municipal da Saúde, que negou as acusações, reagiu e impediu que os técnicos do governo estadual entrassem nos postos para recolher o produto. Posteriormente, uma decisão da Justiça determinou que o remédio poderia ser distribuído, com receita médica.

Em entrevista à Folha On Line, o médico Renan Marino diz que 80% dos pacientes de São José do Rio Preto que tomaram o medicamento, que tem em sua composição substâncias extraídas de uma planta, um mineral e de veneno de cobra, não tiveram dengue.

Marino afirma que, com o uso do composto homeopático, o quadro de dengue tem a duração de cinco a sete dias, o normal, segundo o médico, seriam de duas a três semanas.
(Com informações da Folha On Line)



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 30 de Maio de 2017
Segunda, 29 de Maio de 2017
10:00
Receita do Dia
Domingo, 28 de Maio de 2017
Sábado, 27 de Maio de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)