Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

09/06/2006 21:20

Anvisa poderá liberar vacina contra HPV ainda neste ano

Valéria Amaral/ABr

A primeira vacina contra o HPV (Human Papilloma Viruses) pode ser liberada à venda ainda este ano no Brasil. Em setembro, vence o prazo legal de registro do produto na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que poderá autorizar ou não a comercialização. A vacina, chamada Gardasil, foi desenvolvida pelo laboratório Merck & Co e previne a infecção pelo vírus.

A Gardasil, no entanto, só confere imunidade a pessoas que ainda não foram infectadas pelo HPV. A transmissão ocorre por contato direto com a pele infectada. E o vírus é passado por meio das relações sexuais, podendo causar lesões na vagina, colo do útero, pênis e ânus. Há cerca de cem tipos desse mesmo vírus e a vacina protege apenas contra quatro: HPV-6, 11, 16 e 18.

De acordo com o Ministério da Saúde, muitas vezes o contágio com o HPV está relacionado ao aparecimento do câncer do colo do útero nas mulheres. A estimativa do Programa Nacional de DST/Aids é que em 2003 pelo menos 137 mil mulheres foram infectadas pelo vírus. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), 20 mil novos casos de câncer do colo do útero são esperados em 2006 no Brasil. A estimativa para o número de mortes é de pelo menos 4.200 mulheres.

A única forma de prevenção contra o HPV, antes da vacina, era o uso de preservativos durante as relações sexuais. Caso o produto seja licenciado no Brasil, o Ministério da Saúde informou que vai estudar a possibilidade de incluir a Gardasil no calendário básico de vacinação.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)