Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

26/08/2005 09:01

Anvisa fecha laboratório clandestino no Distrito Federal

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) desmontou nesta quinta-feira (25) um esquema de fabricação de remédios caseiros na cidade de Ceilândia (DF). A inspeção constatou que no local eram fabricados medicamentos sem registro, conhecidos como "garrafadas".

As condições de higiene no local eram inadequadas. A empresa funcionava de maneira totalmente irregular, num galpão localizado em área residencial. As ervas utilizadas para o preparo eram armazenadas sem garantia de conservação. Depois de preparadas, as substâncias eram vendidas em garrafas de cerveja compradas de empresas de reciclagem e de catadores de rua.

No local foram encontrados 6.350 frascos. A média de produção diária da empresa era de 800 garrafas. Os técnicos que participaram da ação também se surpreenderam com a presença de uma máquina encapsuladora.

A Anvisa partiu de denúncia de um consumidor e desenvolveu o trabalho com a colaboração da Vigilância Sanitária do Distrito Federal. Segundo o gerente da agência, José Augusto Simi de Camargo, é possível que a fábrica enviasse as garrafas com os preparados para outros estados. A suspeita se baseia na descoberta de um encomenda da empresa para a cidade de Mossoró (RN). A produção de remédios, incluindo fitoterápicos, sem autorização da Anvisa é crime hediondo. A Polícia Civil do Distrito Federal também participou da ação e está investigando o caso.

A Anvisa alerta a população para não consumir as "garrafadas", que são os remédios naturais preparados a partir de plantas e vendidos em vasilhas reutilizadas. Esses produtos não oferecem nenhuma segurança a saúde do cidadão.

Com informações do Ministério da Saúde.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 11 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
06:04
Fotogaleria
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)