Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

11/08/2008 16:29

Anvisa alerta sobre infecção por bactéria hospitalar

Bira Martins/Campo Grande News

O aumento de vítimas de infecção pós-cirurgica por MCR (Micobactérias de Crescimento Rápido) fez com que a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) publicasse na sexta-feira uma nota com medidas cautelares para enfrentar o que a agência considera uma “emergência epidemiológica”.

“Estamos diante de uma situação nova para os profissionais da saúde em todo o mundo. As infecções por micobactérias, na proporção como as alcançadas no Brasil, não têm registro aqui e nem em outros paises se configurando epidemiológicamente uma doença emergente”, diz a nota.

Nos últimos cinco anos, a infecção pela bactéria 'M. Massiliense', fortemente relacionada à falhas nos processos de limpeza, desinfecção e esterilização de produtos médicos, fez 2.102 vítimas em 14 Estados brasileiros. Em Mato Grosso do Sul foram notificados 8 casos.

A maioria das infecções ocorreu em hospitais particulares e em pessoas submetidas a procedimentos do tipo "scopias", em particular as videocirurgias.

Entre outras medidas, a Anvisa indica que os hospitais deixem de usar o 'Glutaraldeído a 2%', um dos produtos mais empregados na esterilização de equipamentos, e busquem outros métodos disponíveis. Resultados preliminares de um estudo da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) mostraram que o produto tem sido ineficaz para eliminar a 'M. Massiliense'.

A Anvisa também estuda limitar o número de videocirurgias feitas por dia em hospitais e clínicas numa tentativa de garantir que haja tempo suficiente para que os equipamentos cirúrgicos sejam adequadamente esterilizados.

Em estados com maior número de ocorrências, como o Rio de Janeiro, infectologistas orientam que as pessoas adiem cirurgias que podem esperar, como lipoaspiração e implantes de silicone, até que a situação esteja sob controle.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)