Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/02/2015 21:24

Antes do aumento de abril, energia tem reajuste extra de 27,9% em MS

Priscilla Peres, Campo Grande News

Os consumidores podem preparar o bolso, porque a partir de segunda-feira, dia 2 de março, as contas de energia vão ficar 27,9% mais caras em Mato Grosso do Sul. Esse reajuste é referente apenas a RTE (Revisão Tarifária Extraordinária) e em abril ainda haverá o aumento anual definido pelas distribuidoras.

O aumento da Enersul (agora, denominada Energisa MS), será o 19º maior no País. Os reajustes definidos hoje para 58 distribuidoras variam entre 2,2%, para Celpe (Companhia Energética de Pernambuco), e 39,5%, da AES Sul (centro-oeste do Rio Grande do Sul).

O valor médio da RTE foi definido hoje pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) após audiência pública que terminou ontem. A decisão deve ser publicada em edição extraordinária do Diário Oficial da União. Cinco distribuidoras não terão direito ao reajuste extra.

Segundo a Aneel, o objetivo desse reajuste extraordinário é " reposicionar os dois itens em que havia maior distanciamento entre os custos efetivos e a cobertura tarifária: a CDE (Conta de Desenvolvimento Energético) e os custos com compra de energia"

A agência precisa de R$ 23 milhões para custear os programas sociais e esse valor precisa ser repassado aos consumidores, já que o governo Federal não vai dar a ajuda de R$ 9 milhões do Tesouro Nacional. Segundo a relatoria do diretor Tiago de Barros Correia, a CDE só tem R$ 2,75 bilhões para pagar as despesas com programas setoriais do setor elétrico que somam R$ 25,961 bilhões.

Esse valor terá de ser pago pelos consumidores e será usado para bancar despesas como programas sociais como o Luz para Todos, ajudar famílias de baixa renda a pagar conta de luz, também comprar combustíveis para abastecer termelétricas do norte do país e pagar indenizações a empresas.

Por isso, que os valores variam de acordo com o Estado. Sul, Sudeste e Centro-Oeste pagam os maiores valores médios (28,7%), enquanto que Norte e Nordeste, terão reajuste médio de 5,5%.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)